- Publicidade -
- Publicidade -
23 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Sustentável

O Amazon Parques & Resorts, que será construído em Penha, no litoral norte de SC, já ganha prêmios: foi escolhido como case em painel de sustentabilidade no turismo durante o Planetiers World Gathering, maior evento de inovação sustentável do mundo, realizado de 22 a 26 de outubro em Portugal. Trata-se do primeiro parque temático sobre a Amazônia do mundo.

Precisão

- Publicidade -

Em seis linhas, nota da Federação das Indústrias de SC (Fiesc) expressou o que a entidade pensa sobre a baderna dos caminhoneiros: “A Fiesc manifesta a sua preocupação com o momento que vivenciamos. Entendemos que o Brasil precisa buscar uma conciliação nacional. Reiterando o nosso compromisso com a livre iniciativa e com o direito de expressão e de manifestação, entendemos que devem ser preservados o direito das pessoas de ir e vir e das empresas de escoar a produção e de garantir matéria-prima. O bom-senso deve prevalecer”.

Comércio exterior (1)

Com 335 metros de comprimento e 51,5 metros de largura, o navio Rio de Janeiro Express, do armador Hapag Lloyd, atracou na Portonove dia 29, sábado. Em termos de capacidade, é o maior navio porta-contêineres a operar na costa leste da América do Sul. A embarcação possui a capacidade de 13.278 TEUS – unidade equivalente a 20 pés, e 2.220 tomadas reefer, o que possibilita maior movimentação de contêineres reefer, utilizados para cargas refrigeradas como carne congelada e seus derivados, frutas, bebidas e outros. É mais um passo dado para o constante desenvolvimento do Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes. Isso enfatiza a importância da Autoridade Marítima, Autoridade Portuária e Serviço de Praticagem, que contribuíram muito para esse acontecimento.

Comércio exterior (2)

O navio é da linha AS2 e faz rota pela Ásia em países como China, Coréia do Sul e Hong Kong. Após desatracar, seguiu sua viagem pelo Brasil e realizará mais uma escala no Porto neste mês de novembro. Atualmente, no Complexo Portuário de Navegantes e Itajaí podem ser realizadas manobras de navios de até 350 metros de comprimento e 48 metros de largura, mas o objetivo é que, no futuro, essa capacidade seja ampliada para embarcações de até 400 metros de comprimento por 59 metros de largira. Mas este não é o maior navio que atracou na cidade: em 2020, a Portonave recebeu o maior navio em termos de comprimento, o APL Paris do armador CMA/CGM, com 347 metros de comprimento e 45,2 metros de largura e capacidade de 10.789 TEUS.

Deflação

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou deflação (queda de preços) de 0,97% em outubro deste ano. No mês anterior, também houve queda, de 0,95%. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), com o resultado, o IGP-M acumula taxas de inflação de 5,58% no ano e de 6,52% em 12 meses. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia o atacado, teve deflação de 1,44% em outubro, ante uma queda de preços de 1,27% em setembro. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) foi outro subíndice que apresentou queda na taxa de setembro e outubro. Apesar disso, continuou registrando inflação. A taxa passou de 0,10% em setembro para 0,04% em outubro. Por outro lado, o ìndice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, teve inflação de 0,5% em outubro, após registrar deflação de 0,08% no mês anterior.

- Publicidade -

Bandeira tarifária

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a bandeira verde em novembro para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de luz pelo sétimo mês seguido. A conta de luz está sem essas taxas desde o fim da bandeira de escassez hídrica, que durou de setembro de 2021 até meados de abril deste ano. Segundo a Aneel, na ocasião, a bandeira verde foi escolhida devido às condições favoráveis de geração de energia.

Balança comercial

O bom desempenho da safra de grãos e a recuperação das exportações de carne fizeram o superávit da balança comercial dobrar em outubro. No mês passado, o país exportou US$ 3,92 bilhões a mais do que importou, alta de 90% em relação ao registrado em outubro do ano passado, de US$ 2,06 bilhões. Esse é o terceiro melhor resultado para o mês, só perdendo para outubro de 2020 e 2018. De janeiro a outubro, a balança comercial acumula superávit de US$ 51,64 bilhões. Isso representa 11,7% a menos que o registrado nos mesmos meses do ano passado. Apesar do recuo, o saldo é o segundo melhor da história para o período, perdendo apenas para os dez primeiros meses de 2021, quando o superávit tinha fechado em US$ 58,50 bilhões. No mês passado, o Brasil vendeu US$ 27,299 bilhões para o exterior e comprou US$ 23,378 bilhões. Tanto as importações como as exportações bateram recorde em outubro, desde o início da série histórica, em 1989. A valorização dos preços das mercadorias vendidas para o exterior poderia ser maior não fosse a queda do minério de ferro, cuja cotação caiu 33,9% na mesma comparação e por produtos semiacabados de ferro ou de aço, cujo preço recuou 26%, por causa dos lockdown na China, que reduziram a demanda internacional.

Temporada

Criado na Bélgica e presente em mais de 70 países, o Dinner in the Skyfará uma temporada em Balneário Camboriú neste verão. A pioneira plataforma gastronômica nas alturas tem reconhecimento internacional como a primeira do segmento e se destaca por receber renomados chefs do mundo todo. Por aqui, quem comandará a cozinha é o chef Renato Machado. Sempre lançando tendências e recebendo novidades, a cidade entra na rota de metrópoles como Dubai, Las Vegas, Paris, Bruxelas, Atenas, Londes, Shangai, Tokyo, São Paulo e Rio de Janeiro, que já receberam a plataforma. Recentemente, o município recebeu uma atração parecida, mas que em nada lembra a oficial. E Balneário Camboriú já vive a expectativa pela experiência.

Havan desmente

Na tarde de terça-feira (1), a Havan emitiu nota oficial se manifestando sobre as manifestações no Brasil. Conforme a nota, o empresário Luciano Hang destaca que é falso os vídeos, fotos e áudios, que circula nas redes sociais, informando que o empresário estaria envolvido e patrocinando as manifestações.

Finalista

Após em setembro ser a única marca brasileira no segmento de beleza a participar dos desfiles do New York Fashion Week, a brusquense Kohll Beauty agora está na reta final do Prêmio Atualidade Cosmética. Em sua 30ª edição, a premiação contou com 62 empresas que inscreveram 160 linhas/produtos. Em Cosméticos, na categoria Maquiagem, a técnica Base Blindada é finalista ao lado de outros cinco produtos. O resultado está sendo divulgado em 8 de novembro.

Origem

A técnica Pele Blindada foi desenvolvida em 2021 pela influenciadora Natanne Rosa, de Blumenau, e mais tarde deu origem a Base Blindada – produto que leva sua assinatura. Com uma linha de alta perfomance, a Kohll Beauty busca abranger todas as mulheres brasileiras, aliando tecnologia com altos índices de aprovação aos resultados. “Nosso produto foi desenvolvido para ser usado em todo o Brasil e por todos os tipos de pele. Tanta tecnologia aplicada nos garantiu fácil adaptação do produto à pele”, afirma a criadora da Pele Blindada e fundadora da marca Kohll Beauty.

Reconhecimento

A brusquense Helo Bertolini, também fundadora da marca, esteve em Nova York durante a edição do NYFW e falou da aceitação e receptividade dos produtos pelos  maquiadores do evento. “O mercado reagiu com desejo ao acesso pelo resultado da Base Blindada. Se tornou um diferencial na maquiagem  e já estamos exportando a beleza brasileira para todos os continentes”, garante.

Criação de empregos

A criação de empregos em Brusque no mês de setembro foi a melhor desde maio, de acordo com o Caged. No total, foram 338 postos criados, sendo que o melhor resultado foi na indústria, positivo de 121. Todos os setores terminaram o mês com saldo positivo. Atrás da indústria, vem o comércio com 78 postos de trabalho criados. Na sequência, vem serviços, com 73, construção com 65 e agropecuária com um. No ano, em Brusque, já foram criados mais de 4 mil postos de trabalho. O setor de serviços, com saldo positivo de quase 2,4 mil foi o que mais gerou postos de trabalho em 2022 até agora no município. No total, a indústria é o setor que mais emprega em Brusque com 26,1 mil funcionários. Nos serviços são 16,1 mil trabalhadores, enquanto 10,5 mil trabalham no comércio e 2,5 mil na construção civil. Dentro do setor industrial, que mais criou empregos em setembro, se destacam as empresas de fabricação de produtos têxteis e confecção de artigos de vestuários, que juntas, foram responsáveis pela criação de 133 postos de emprego no mês.

Preconceito

Ainda no sábado (29) a Folha de São Paulo deu espaço para leitores desferirem ofensas a SC e aos catarinenses quanto a sua opinião e escolhas. Um mineiro escreveu que a história de SC sempre resistiu ao arbítrio e que para isso basta ver os símbolos da bandeira catarinense e como um presidente (Floriano Peixoto) impôs um culto à sua figura, mudando o nome da capital para Florianópolis se auto homenageando em vida. Contra suas próprias tradições, escolhem o auto denominado mito.

Escolha

Bem ou mal, o tempo dirá, e que seja no curto prazo: dezenas de milhões fizeram sua escolha para o comando do país. Ao mesmo tempo que cumpriram seu dever, fizeram uma opção de seu destino a partir de agora. Que o eleito e os poderes constituídos fiquem com a missão de fazer o que há por fazer e que o façam da melhor maneira possível. O que o presidente sufragado nas urnas tem que saber é que não será nada fácil governar um Brasil em que quase a metade votou contra ele. Que tenha humildade e faça um apelo à união. Caso contrário …

Alto padrão

O mercado imobiliário de Florianópolis, segundo pesquisa Fipezap, valorizou 16% em vendas nos últimos 12 meses, em boa parte devido às inovações que este mercado vem fazendo. Um exemplo é o empreendimento Piemonte Miragio Cacupé, na Ilha de SC, que nos seus espaços internos terá academia, espaço náutico, salão de festas, espaço gourmet, lounge, playground, praça para pets, brinquedoteca e até um escritório compartilhado. Paulistanos e paulistas, profissionais liberais, adoram isso e estão entre os principais compradores.

Plástico

Com Manaus, recentemente, agora são 13 as capitais brasileiras que já regulamentaram leis que proíbem ou limitam o uso de sacolas plásticas em comércios. Em Florianópolis há lei municipal 7627, do distante 12 de maio de 2008, que dispoõe sobre o uso de sacolas e sacos plásticos, dando um prazo de 18 meses para substituí-los por sacolas e sacos ecológicos. Lei e prazos absolutamente ignorados até agora.

Cidades seguras

Tornar as cidades mais seguras e inteligentes. Este é o objeto de um projeto inédito, lançado por um consórcio de informática, que pretende disponibilizar 8.850 câmeras de videomonitoramento para as cidades de pequeno e médio porte de SC. É o resultado de uma parceria público-privada. A licitação permitiu a redução de 75% no valor dos equipamentos. O prazo para assinatura vai até 23 de janeiro.

Turismo religioso

O turismo religioso de SC, um dos mais fortes no Brasil, mas que praticamente ficou parado durante a pandemia, será tema de debate na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados em breve.

Multinacional investe

Cuidados com o meio ambiente e o bem-estar da comunidade são prioridades crescentes nas empresas. Um exemplo é a multinacional de Luxemburgo Armacell, que tem sede latino-americana em São José (SC). A empresa acaba de investir cerca de R$ 8 milhões em sistema de tratamento de efluentes gasosos somente para eliminar fumaça escura e determinado odor, segundo Mansur Haddad. O sistema anterior existente estava dentro das normas exigidas pela legislação brasileira, mas causava algumas preocupações à comunidade local, por isso a aquisição desse equipamento de ponta denominado RTO. A Armacell já investiu R$ 70 milhões na fábrica de SC e fatura R$ 150 milhões por ano. Ela produz espumas flexíveis para isolamentos avançados, usados em sistemas de ar-condicionado, tubulações, construção civil, empresas e petróleo, gás e outras. 

Arrecadação maior

O governador eleito de SC aposta no dinamismo da diversificada economia do Estado para compensar perdas e arrecadar mais. Além disso, para executar projetos, estuda fazer cortes em algumas áreas para investir em outras. A aposta em receita maior faz sentido em SC, isso porque nos últimos anos, o ritmo de crescimento da arrecadação do Estado tem surpreendido positivamente, com altas superiores as do PIB e da inflação. No primeiro semestre deste ano, antes do corte de alíquota de ICMS de 25% para 17%, a receita do Estado cresceu 22% nominal e 10% real, frente ao mesmo período de 2021, segundo ano da pandemia, arrecadação de SC teve alta de 22,3%, frente a uma inflação de 10,06%. Em 2020, ano crítico da chegada da pandemia, a receita do Estado avançou 2,3% enquanto a inflação anual teve alta de 4,52%.

Impacto da guerra

A guerra entre Rússia e Ucrânia, que foi deflagrada no fim de fevereiro, completou seis meses no último dia 20. Enquanto o governo da Rússia avança em busca de anexar territórios, o país comandado pela Ucrânia tenta resistir apesar do poderio bélico do rival. Enquanto isso, o restante do mundo se adapta para minimizar os reflexos do conflito, que acabam interferindo também em Brusque. Atualmente, em relação às matérias-primas, muitos fornecedores da Europa ainda relatam aumento de preços e falta para produzir os produtos. Agora com a questão da falta de gás, no inverno, pode afetar eles de alguma forma no fornecimento e produção. A Embrast de Brusque, trabalha mais com o mercado chinês, os efeitos que aconteceram no início do conflito retornaram a uma certa normalidade, já que as empresas precisaram se adaptar e encontrar alternativas neste período. Já a Rússia voltou a fornecer uma série de produtos importantes para o mundo, apesar de ainda haver restrições. Já estão entrando fertilizantes, combustíveis e outros produtos russos no Brasil. Antes estava muito tenso.

Experiência

A MRV, maior construtora da América Latina, está lançando campanha para triplicar o número de corretores autônomos com idade superior a 60 anos. Tem três em SC atuando no momento mas quer chegar a 10 até o final deste ano, para atuar em Joinville, Blumenau e na Grande Florianópolis. Em todo país a empresa já tem 150 e quer chegar a 500 até dezembro.

Conflitos sem judicializar

Sai de cena o advogado que só ajuiza causa, entra em cena o advogado capacitado e adotado de habilidades para gerir e resolver conflitos dos clientes. A Mediação é utilizada há décadas nos EUA e em diversos outros países com muito sucesso, onde se tem a cultura de resolver conflitos em tempo recorde. Já no Brasil, ainda prevalece a cultura da judicialização, mesmo com a Lei da Mediação em vigor e o CPC tendo a instituído como etapa obrigatória no processo judicial. Por aqui, os cursos de Direito não preparam o advogado para essa nova rotina. Por isso, a nossa proposta é justamente conferir novas habilidades ao advogado, capacitando-o para obtenção de resultados para o cliente, mediante a Mediação. É mais rápido e eficaz. Os métodos alternativos de solução de litígios são melhores que a solução judicial, que é imposta com a força do Estado e que padece de uma série de percalços, como a longa duração do processo, como ocorre no Brasil e em outros países, segundo Ellen Gracie, ex-ministra do STJ.

Bagatela A plataforma do Dinner in the Sky será instalada na rodovia Interpraias, a 50 metros de altura, antes da Praia de Laranjeiras. A estrutura funcionará a partir de 13 de janeiro, aos finais de semana, com opções de brunch, almoço, coquetel, sunset, jantar e night session, com durações entre 40 e 70 minutos. O valor do menu completo inclui as refeições e as bebidas (alcoólicas e não alcoólicas), variando de R$ 350 a R$ 600 por pessoa. Estamos muito empolgados com a temporada em Balneário Camboriú. Nosso objetivo é levar esta experiência a praças chaves pelo Brasil, onde o público valoriza este tipo de experiência gastronômica, afirma o empresário Eduardo Florence Lovro, da Dinner das operações Brasil e EUA.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -