- Publicidade -
- Publicidade -
23.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Atriz Sabrina Vianna apresenta online ‘Nega Tereza, Contos de Vidas Incríveis’

A atriz e professora de teatro Sabrina Vianna desenvolveu a contação de histórias ‘Nega Tereza, Contos de Vidas Incríveis’, que será reapresentada nesta terça-feira (27), às 10h e às 20h, no Canal do YouTube ‘Contos da Sá com Sabrina Vianna’

O objetivo é trazer o que há além dos livros e das trajetórias de pessoas como Dom Pedro I e II, e também mostrar que a contação de história pode ser uma ferramenta para compartilhar conhecimento de maneira ativa, criativa e didática.

A contação de Sabrina Vianna se dará através da história de Nega Tereza, musicista autodidata, radicada em Itajaí e mulher negra.

- Publicidade -

“Escolhi pesquisar a história da Nega Tereza, que viveu toda a sua vida dedicada à música e se apresentou com grandes nomes como Elis Regina, Mazzaropi, dentre outros”, conta a atriz e professora de teatro. Atualmente, 

Nega Tereza está com 80 anos e ainda recorda momentos que marcaram sua trajetória, como o tempo em que viveu na casa de Érico Veríssimo, o fato de ter ensinado 33 sobrinhos a tocar percussão e também de episódios de racismo e superação que enfrentou ao longo da vida.

É também através da história de Negra Tereza que Sabrina quer mostrar que a  história do povo negro, sua influência, sua força e sua contribuição devem ser mais reconhecidos. 

“Está na hora de vermos além dos livros, e não apenas contar sobre o processo de escravidão em nosso País, que aliás foi o último a abolir a escravidão nas Américas”, explica. 

Há diversas personalidades, como Nega Tereza, que deixam ou deixaram como legado histórias que têm inspirado gerações por sua coragem, criatividade e determinação. Das artes à política, passando pelos livros, filmes e teatros, essas pessoas foram responsáveis por grandes contribuições em causas como igualdade de direitos civis e respeito à diversidade.

 Além de falar sobre uma personalidade negra tão importante para Itajaí e Santa Catarina, Sabrina Vianna também quer transformar o estigma de que estudar é ‘chato’ ou ‘entediante’. “Através de um novo olhar e novas possibilidades, descobrindo vidas incríveis, que através da dramaturgia contarei parte de sua história, estimulando os espectadores a buscar saber mais”, comenta.

A relação de Sabrina Vianna com a contação de história iniciou quando ela ainda era criança. Filha de uma mãe semianalfabeta, a atriz e professora de teatro sempre observava a mãe buscando aprender sozinha ou com alguma patroa que ensinava o mínimo para que ela pudesse escrever e ler. 

- Publicidade -

“Aos 11 anos eu estava na 5ª série e tirei a minha primeira nota baixa em História. Fiquei arrasada! Cheguei em casa e contei à minha mãe, ela pegou o livro da minha escola e começou a ler e nos dias seguintes, ela me contava coisas daquele livro que me deixavam curiosa e eu não tinha visto porque estava muito preocupada em somente decorar”, conta. Foi a partir disso que Sabrina percebeu o quão divertido e interessante foi aprender sobre essas histórias através de uma abordagem diferenciada. 

“Chego à conclusão que uma nova abordagem sobre esses assuntos pouco revelados e discutidos, puderam me inspirar a construir e valorizar a mulher que sou hoje”, finaliza.

Projeto selecionado pelo prêmio Elisabete Anderle de apoio à Cultura – Edição 2020, executado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Serviço:

O que: Contação de história ‘Nega Tereza, Contos de Vidas Incríveis’

Quando: Dias 26 e 27 de julho, das 10h e às 20h

Canal do YouTube: Contos da Sá com Sabrina Vianna

Classificação Indicativa: Livre

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -