- Publicidade -
18.1 C
Balneário Camboriú

BC em Traços: em concurso de desenho participantes podem registrar cultura, locais e pessoas da cidade

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Lançado em 20 de julho, aniversário de 57 anos de Balneário Camboriú, o concurso BC em Traços está com inscrições abertas. Nele, os participantes – desenhistas profissionais ou amadores – precisam criar uma obra visual gráfica referente a Balneário Camboriú, à população, à cultura, à natureza, a aspectos urbanos, sociais e históricos ou a personagens importantes e peculiares. 

Os proponentes do BC em Traços, que está sendo realizado através da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) de Balneário Camboriú, são os professores da Univali Hans Peder Behling e Marcelo Juchem, que dão aula para os cursos da área de Comunicação. 

Hans conta que a ideia do BC em Traços nasceu com um concurso de caricaturas na Univali, em 2019, mas então ‘estourou’ a pandemia e veio a ideia do BC em Traços, inscrito e aprovado na LIC. 

“O objetivo é desenhar BC, como o próprio nome já diz, mas sem categorias. Haverá dois momentos de avaliação, o primeiro com votos da comunidade e o segundo com o júri técnico”, explica. 

- Publicidade -

O professor Marcelo salienta que o concurso quer abranger a todos, desde profissionais (artistas, grafiteiros, designers, etc.) como amadores que desenham por hobby. Podem participar pessoas de todo o país, mas moradores de Balneário ganharão ‘pontos extras’. 

O desenho pode ser feito especialmente pela competição como também pode ser algo criado antes – não há obrigação de ‘ineditismo’. 

“Queremos incentivar o pessoal, a galera que curte arte, fortalecendo toda a classe. É tudo livre, as técnicas, manipulações… o autor decidirá como fazer e a inspiração que terá: fauna, flora, personagens famosos da cidade”, acrescenta. 

- Publicidade -

Apesar de as inscrições estarem abertas até 20 de setembro, é recomendável que os artistas se inscrevam logo porque haverá votação do público, e quanto mais tempo no ar o desenho para a votação, mais votos poderá ganhar. 

“Pode pedir voto, mas pedimos que não façam impulsionamento (votos pagos) porque é um projeto cultural e social. A população nos ajudará com seus votos nesta primeira seleção e depois teremos o júri técnico, com profissionais analisando os aspectos estéticos e técnicos”, pontua Marcelo. 

Os 10 melhores receberão certificados de participação e prêmios em dinheiro (R$ 100 para cada), assim como os três primeiros lugares, que receberão um valor extra (R$ 250 para o primeiro, R$ 150 para o segundo e R$ 100 para o terceiro) e prêmios de patrocinadores. 

Como contrapartida social, o BC em Traços também contará com oficinas de criatividade e ilustração. Tudo ocorrerá de forma 100% online. 

As inscrições são gratuitas e vão até 20 de setembro por um formulário online disponível na bio do Instagram @bcemtracos, o canal oficial do projeto. Nesse mesmo perfil, está o regulamento.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -