- Publicidade -
- Publicidade -
16.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Música, samba e resistência marcam documentário sobre a história da musicista Nega Tereza

A historia da musicista gaúcha de nascimento e itajaiense de coração, Terezinha Peres, conhecida popularmente por Nega Tereza, uma das pioneiras do samba em Itajaí e responsável pela formação de vários artistas da cidade, está registrada no documentário “Nega Tereza”, com estreia marcada para sexta-feira (4), às 20h. 

Manga, sobrinho de Nega Tereza (Divulgação)

A obra é uma realização da Azul Filmes com direção do jornalista e documentarista Maicon Renan e será transmitida pelo canal do YouTube ‘Doc Nega Tereza’ (www.bityli.com/jFQcN). O filme é resultado de projeto aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura (Edital 018/2019), Prefeitura de Itajaí e Fundação Cultural, com renúncia fiscal da APM Terminals. 

“Elaborar este projeto foi uma oportunidade única de contribuição para uma comunidade de muitos heróis. Compartilhar através do audiovisual um pouco das histórias de Nega Tereza foi uma experiência de muita alegria. Ouvi-la, seja conversando, cantando, ou tocando seu saxofone é gratificante, e eu penso que essa experiência precisa ser vivida por mais pessoas. A Nega Tereza é símbolo de luta, arte e realização humana.”, conta Maicon Renan, diretor, roteirista e editor do documentário. 

- Publicidade -

A trajetória de Nega Tereza e sua contribuição para o movimento cultural de Itajaí foi conhecida pela equipe durante contato com a Câmara Setorial de Cultura Afro. Depois de algumas reuniões, dois artistas participantes da setorial passaram a integrar a equipe de produção.

“A Nega Tereza é como se fosse alguém da minha família, então me sinto orgulhosa em participar deste projeto. Ela tem uma história linda. O sonho da família, dos amigos e da Setorial de Cultura Afro” é que ela tenha o devido reconhecimento”, explica a produtora executiva e assistente de produção Sabrina Vianna. 

Devido à pandemia da COVID-19 e pela idade avançada de Nega Tereza, as gravações foram realizadas seguindo todos os protocolos de segurança e ajustes necessários. Deste modo, a estreia acontecerá pelo canal de YouTube no link: (www.bityli.com/jFQcN). Informações e os bastidores da produção podem ser conferidos no perfil oficial do documentário no Instagram, em @docnegatereza.

A equipe

  • Realização: Azul Filmes 
  • Roteiro: Juny Hugen, Maicon Renan e Pietra Garcia
  • Direção, edição e finalização: Maicon Renan
  • Co-direção e direção de produção: Pietra Garcia
  • Direção de fotografia e montagem: Juny Hugen
  • Produção executiva e assistência de produção: Sabrina Vianna
  • Assistência de câmera: Sérgio de Oliveira Júnior
  • Técnico de som direto: Bruno Golembiewski
  • Designer: Amália Agatha
  • Captação de recursos: Camila Gonçalves
  • Assessoria de imprensa: Juny Hugen

Fonte: Fundação Cultural Itajaí


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -