- Publicidade -
18.2 C
Balneário Camboriú

Escolas estaduais e municipais de Balneário Camboriú estão voltando com aulas 100% presenciais

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Em Balneário pais poderão optar pelo ensino remoto

Após um ano e seis meses, as aulas 100% presenciais [sem escalonamento] vão voltar na rede pública de Balneário Camboriú, tanto nas escolas municipais como nas estaduais. Para o retorno, está sendo respeitado o limite das salas de aula e seguem todos os cuidados, como uso de máscara, distanciamento social, higiene das mãos, etc. 

Rede municipal 

As séries iniciais do Ensino Fundamental e Jardim (4 e 5 anos) dos Núcleos de Educação Infantil da rede municipal retornaram na quarta-feira (8). 

- Publicidade -

Os demais [anos finais do Ensino Fundamental e turmas e 0 a 3 anos dos Núcleos] retornam na próxima segunda-feira (13). Na Educação Infantil, berçário e maternal (de 0 a 3 anos) a permanência nos núcleos ampliará para 10h15 diárias; e para os jardins (4 e 5 anos), que antes era escalonado, a permanência diária será de 5 horas. 

Segundo a secretária de Educação de Balneário, Marilene Cardoso, o retorno municipal segue a portaria estadual. “Muitos órgãos e instituições estão envolvidos neste retorno, inclusive o comitê do PlanCon – Plano de Contingência da Educação para a Retomada das Aulas Presenciais em Santa Catarina e demais órgãos fiscalizadores. Nós estaremos acompanhando de perto esse retorno e reavaliando, diariamente, todo o protocolo de segurança, para que esse retorno sem escalonamento seja tranquilo; e em Balneário Camboriú teremos ainda um importante diferencial: os pais poderão optar pela continuidade do ensino remoto”, diz.  

As regras para o retorno sem escalonamento seguem com todos os protocolos de biossegurança. Será feita uma escala para organizar os horários das refeições e de recreação, a fim de manter os protocolos sanitários e de segurança vigentes. 

- Publicidade -

O distanciamento, a capacidade de pessoas por ambiente e o uso constante de máscara, são medidas que protegem e serão rigorosamente cumpridas, em todas as 46 unidades municipais de ensino. 

Rede estadual 

A rede estadual também está se organizando para retornar aos poucos. Segundo a gerente regional da Educação, Cleonice Monteiro Berejuk, o Ensino Fundamental deve retornar até o próximo dia 15 (quarta-feira) e o Ensino Médio até o final do mês. 

“A principal regra é observar o limite de cada sala de aula. As turmas cujas salas tenham capacidade para atendimento total dos alunos seguindo o distanciamento de um metro a um metro e meio, deverão voltar ao atendimento 100% presencial. As que não for possível, seguem na modalidade híbrida (tempo escola, tempo casa), mas o retorno englobará os alunos de todas as idades, todos que frequentam o ensino regular”, salienta. 

Na escolas estaduais, os alunos que integram grupo de risco (gestantes e puérperas; obesidade grave; asma; doença congênita, rara, genética ou autoimune; neoplasias; imunodeprimidos; hemoglobinopatia grave; doenças cardiovasculares; doenças neurológicas crônicas; e diabetes mellitus) podem permanecer na modalidade híbrida.

“Porém, se o responsável permitir e com apresentação de laudo médico, os alunos com comorbidades que desejarem também poderão retornar ao 100% presencial”, disse. 

A gerente regional aponta que  a maioria dos pais e alunos estavam ansiando por essa retomada presencial. 

“Estamos tomando todos os cuidados, fazendo o retorno gradativo, voltando aos poucos, seguindo todos os protocolos e nos readequando. Os conteúdos estão sendo recuperados, estamos buscando recuperar paralelamente notas e buscando fazer tudo que é possível para que os alunos tenham o melhor aproveitamento possível”, acrescenta. 

UFSC e Udesc planejam retomada 

UFSC 

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) anunciou o retorno parcial de atividades presenciais a partir de setembro. Porém, não as aulas.

O objetivo neste momento é preparar as equipes e espaços físicos. Ainda não há uma data para o retorno das aulas presenciais nos campus da instituição. 

UFSC anunciou também que adotará uma série de medidas, como testagem dentro da universidade, análise dos indicadores epidemiológicos; medição dos níveis de CO2 nos ambientes para atestar a qualidade da circulação de ar. 

Udesc 

A Udesc que conta com campi em Balneário Camboriú (o Centro de Educação Superior da Foz do Itajaí – Cesfi) aprovou a Resolução nº 001/2021, que autoriza o retorno gradual das aulas presenciais nos cursos de graduação e de pós-graduação, observando as medidas de higiene e segurança previstas na Instrução Normativa n° 005/2021, da Pró-Reitoria de Administração (Proad). 

Conforme definido pelo Conselho de Centro, os departamentos terão autonomia para definir o rol de disciplinas que serão oferecidas na modalidade híbrida. 

O início das aulas presenciais deverá ser anunciado com antecedência mínima de 30 dias da data estabelecida para retorno, o que será comunicado nos próximos dias.

O retorno às aulas presenciais será facultativo aos alunos que desejarem e se comprometerem a seguir as medidas de higiene e segurança previamente estabelecidas, como o uso de máscara durante todo o tempo de permanência no campus, respeito ao distanciamento mínimo de um metro na sala de aula e 1,5 metro nas demais dependências, e o uso de álcool em gel para garantir a higienização das mãos, pertences e materiais e equipamentos coletivos, como computadores, instrumentos de medição e materiais didáticos e de laboratório. 

Se optar pelo ensino presencial em disciplinas oferecidas nessa modalidade, o aluno deverá fazer a solicitação junto à secretaria acadêmica do centro, apresentando os documentos necessários para análise da solicitação. Os alunos poderão frequentar as aulas presenciais 28 dias após a aplicação da segunda dose ou da dose única da vacina contra a Covid-19. 

Os alunos que não puderem assistir às aulas presenciais ou que não se sentirem seguros para o retorno acompanharão as atividades de aulas de maneira remota. Da mesma forma, os docentes que não optarem pelo retorno presencial poderão permanecer ministrando suas aulas de forma remota.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -