- Publicidade -
- Publicidade -
14.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Sete mil alunos devem retornar às escolas da rede municipal nesta quinta-feira

As aulas da rede municipal de Balneário Camboriú retornam nesta quinta-feira (18), conforme cronograma mantido pelo prefeito Fabrício Oliveira, mesmo com a cidade estando no nível gravíssimo para contaminação de Covid-19.

Tudo será diferente neste retorno. A ordem é seguir com rigor os protocolos (Divulgação/PMBC)

Segundo a secretária de Educação, Marilene Cardoso, sete mil alunos dos quase 12 mil matriculados, devem retornar ao presencial. Entre os servidores da educação municipal, 103 dos 2,3 mil seguirão trabalhando remotamente por integrarem grupos de risco.

- Publicidade -

A secretária salienta que alunos dos Núcleos de Educação Infantil até os três anos de idade poderão ir para os NEIs diariamente (um período das 7h às 12h e outro das 13h às 18h, com intervalo para limpeza e sanitização); a partir dos quatro anos e os alunos do Ensino Fundamental integram o sistema escalonado (turmas divididas, exemplo: uma semana grupo A com aulas presenciais e grupo B com aulas online e na outra B presencial e A em casa).

“Nós estamos com boas expectativas quanto a esse retorno, estaremos monitorando diariamente todos os profissionais da Educação, se alguém tiver sintoma será encaminhado para a Secretaria e receberá atendimento médico, com a aplicação do teste rápido, que em 30min já apresenta resultado, se positivo, será afastado e se negativado retorna para as atividades”, explica.

Todas as escolas aprovaram seus Plancons (Plano de Contingência das Escolas contra a Covid-19) e respeitarão as regras de prevenção ao Coronavírus, como distanciamento, uso de máscara e horários para chegada dos alunos, evitando aglomerações, com o objetivo de ser um retorno seguro.

“Em uma das palestras que fizemos para os professores conversamos sobre a história de Malala [ativista paquistanesa, um símbolo da luta pela educação e pelos direitos das meninas], que mesmo diante de todos os desafios, o amor pelo estudo fez com que ela lutasse até o final, e é isso que nos move, estamos vendo os profissionais nesse sentido: sabendo que os desafios serão imensos, mas a paixão pelas escolas move cada um nesse retorno, para que dê certo”, acrescenta.

Dona Lili e Sementes do Amanhã

- Publicidade -

O Centro Educacional Municipal (CEM) Dona Lili está em obras e as aulas só retornarão quando elas terminarem, o que está previsto para 30 de abril. Os alunos dos anos iniciais foram realocados para assistir aulas até maio na Escola de Educação Básica Professora Francisca Alves Gevaerd, com suporte do governo do Estado.

O Núcleo de Educação Infantil (NEI) Sementes do Amanhã fará uma reunião com os pais dos alunos nesta sexta-feira (19), para retomar suas atividades na segunda-feira (22). O CEM Vereador Santa, mesmo com obras acontecendo, receberá seus alunos.

Plano de reformas e obras em março

A secretária da Educação disse que, após o retorno presencial, será apresentado um plano com as reformas e obras previstas para as escolas e que devem acontecer ao longo deste ano.

- Publicidade -

“Os prédios precisam de melhorias, isso é normal, após passarmos por essa fase do retorno, onde estamos focando todas as nossas energias neste momento, vamos apresentar os detalhes para a comunidade, acredito que isso acontecerá na segunda quinzena de março”, completa.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: