- Publicidade -
14.5 C
Balneário Camboriú

Candidato a vereador André Meirinho 11.333

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

#CandidatosBC

Sou funcionário do Banco do Brasil, administrador, doutorando e mestre em planejamento territorial, com pós em Direito Público e em Desenvolvimento Regional Sustentável.

- Publicidade -

Fui Diretor da Fundação de Esportes e Secretário da Fazenda em nossa cidade, onde pude contribuir com inúmeras políticas públicas como na criação da Bolsa Atleta e de alternativas para aumentar a arrecadação do município sem custos para a população.

Como Vereador apresentei mais de 40 projetos de lei, sendo mais de 20 aprovados, 82 pedidos de informações e 394 indicações para atender demandas da comunidade com transparência, inovação e com cobrança da boa gestão.

Trajetória acadêmica

  • Doutorando em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental – Udesc
  • Mestre em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Sustentável – Udesc
  • MBA em Desenvolvimento Regional Sustentável – UnB
  • Pós-Graduação em Direito Público Municipal – Univali
  • Bacharel em Administração – Univali
  • Mérito Estudantil – Univali
  • Homenageado como Egresso do Curso de Administração Univali (2016)

Trajetória profissional

  • Funcionário do Banco do Brasil
  • Administrador CRA/SC n° 11.299
  • Vereador da 13ª Legislatura 2017-2020, eleito com 1247 votos
  • Reconhecido pelo Conselho Regional de Administração de Santa Catarina (CRA/SC) como Destaque de Administração Pública na Região da Foz do Itajaí (2017)
  • Selecionado como Líder RAPS – Rede de Ação Política pela Sustentabilidade, organização que visa a formação de lideranças comprometidas com ética, transparência e sustentabilidade (2017)
  • Reconhecido como Administrador Destaque em Balneário Camboriú pelo CRA/SC (2015)
  • Secretário da Fazenda em Balneário Camboriú (2014/2015)
  • Diretor da Fundação de Esportes em Balneário Camboriú (2009/2012)

AÇÕES

Entre ações realizadas estão:

  • Plano de Metas – viabilizou a determinação para que prefeitos prestem contas das promessas de campanha (Emenda à Lei Orgânica);
  • Lei do Naming Rights – trata do direito à denominação de espaços e eventos públicos como oportunidade de arrecadação para o município sem custos para a população;
  • Lei que proíbe o corte de água no período da pandemia;
  • Lei que regulamenta espaços de convivência como parklets;
  • Lei que institui o Conselho de Relações Internacionais e Federativas para atuação estratégica de Balneário Camboriú;
  • Lei que obriga a transição de governos de forma harmônica para que a cidade não pare;
  • Lei do Cão-Guia – garante que as pessoas com deficiência visual possam frequentar a praia;
  • Lei que cria pontos coletores de óleo de cozinha usado em supermercados, evitando a poluição dos rios e praias;
  • Lei de Reconhecimento do Marco de Fundação de Balneário Camboriú;
  • Emenda que garantiu a manutenção da Praça do Pescador (Barra);
  • Indicação do Programa Se Liga na Rede que vem sendo implantado como alternativa para despoluição dos nossos rios e praias;
  • Indicação do Decreto de Interesse Social e engajamento pela preservação da praia de Taquarinhas, ações que foram fundamentais para evitar que as áreas fossem vendidas pelo Leilão da Caixa e tornar a área como parque natural para a sociedade, unindo preservação com turismo ecológico;
  • Indicação para medidas de apoio aos empreendedores para amenizar os impactos econômicos decorrentes da pandemia de covid-19, entre outros;
  • Manifestação contrária ao aumento de tributos, sugerindo adoção de modelos que ampliem a receita sem gerar custos para a população;

PROPOSTAS

As principais propostas estão centradas nos eixos: Economia Dinâmica e Inovadora; Recursos Hídricos e Desenvolvimento Sustentável e Mobilidade Urbana.

- Publicidade -

Segurança Hídrica e Desenvolvimento Sustentável: o projeto de lei visa instituir a Política de Segurança Hídrica e Desenvolvimento Sustentável, incluindo estratégias setoriais sobre demandas de água para abastecimento, despoluição hídrica, drenagem pluvial urbana, infraestrutura verde e medidas de prevenção e mitigação de desastres. Propõe-se, ainda, a utilização de câmara técnica para articulação e governança entre os diversos órgãos municipais em prol do planejamento e gestão das águas no município de modo que as decisões sejam técnicas e não alteradas a cada novo prefeito eleito.

Inovação, Tecnologia e Cidade Inteligente: para o alcance de uma cidade estruturada, resiliente e próspera para o turismo e geração de empregos. O projeto de lei visa contribuir com a geração de ecossistemas de empreendedorismo, aproximação com universidades, incubadoras de empresas, parques tecnológicos e fomento às startup’s, permitindo, ainda, o cenário de cidade inteligente (smart city) com soluções de tecnologia e políticas públicas para o dia a dia da população.

Adoção de praças, áreas verdes, áreas públicas de esporte, educação, cultura e lazer: o projeto visa que a iniciativa privada possa adotar uma praça e áreas públicas e faça a sua manutenção conforme critérios e fiscalização do poder público. Em troca, a empresa poderá vincular publicidade no local. Assim, as praças que permanecerão públicas e de acesso a todos, poderão ter uma estrutura adequada e atrativa para a comunidade e turistas.

Estatuto do Pedestre: a proposta visa ter o pedestre como elemento central nas políticas de mobilidade, por meio da melhoria da qualificação e de garantir direitos e deveres ao pedestre, que permita ter segurança, mobilidade, acessibilidade e conforto nos deslocamentos no município, com proteção em especial de crianças, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e as da terceira idade. O projeto prevê padronização e melhoria na infraestrutura, qualificação de calçadas, segurança, diminuição de quedas e atropelamentos, desestímulo do uso de veículos, faixas de pedestres sinalizadas e iluminadas, temporizadores visuais e sonoros, tempo suficiente para travessia segura, sistema de informações sobre a mobilidade a pé, entre outros aspectos.

Projeto de Lei que regulamenta Plebiscito e Referendo: o objetivo é que a população possa decidir questões estratégicas e/ou polêmicas que impactam no planejamento e definição do futuro da cidade. Com a aprovação desse projeto, os cidadãos balneocamboriuenses poderão participar de forma mais ativa nas decisões do futuro da cidade.

Acesse o site andremeirinho.com.br e conheça as propostas, as ações realizadas e leis aprovadas por área temática: Turismo e Economia; Inovação, Ciência e Tecnologia; Saneamento, Recursos Hídricos e Meio Ambiente; Saúde; Mobilidade Urbana, Obras e Planejamento; Transparência e Governança

Peço seu voto para poder te representar e fazer muito mais por você, pela sua família e por Balneário Camboriú.

Por Inovação e Sustentabilidade, vote André Meirinho 11.333!


Fonte: André Mazzocco/Assessoria Comunicação

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,504SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -