- Publicidade -
- Publicidade -
19.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Carlos Humberto comemora vitória: “Mais uma porta que se abre”

O vice-prefeito de Balneário Camboriú, Carlos Humberto Metzner Silva, único candidato da cidade a conseguir uma vaga na Assembleia Legislativa (Alesc), depois de Leonel Pavan, falou sobre seus planos no Legislativo Estadual, com destaque para a área da saúde e sobre o futuro político que abriu novas oportunidades, entre elas, disputar as eleições municipais para o cargo principal da Dinamarca.

(Divulgação/Redes Sociais/CHMetzner Silva)

“Mais um passo na carreira política”

Carlos Humberto destacou que vem fazendo carreira na política, mas que começou há pouco tempo, disputando a primeira eleição em 2016, como vice do prefeito de Balneário, Fabrício Oliveira. 

“Conquistamos a reeleição em 2020 e também fui deputado estadual suplente. Agora, titular. É mais uma porta que se abre para trabalhar em favor de Santa Catarina e mais um passo na carreira política, que até agora vem sendo exitosa”, disse.

CH com o senador Jorge Seif e o prefeito Fabrício (Divulgação/Redes Sociais/CHMetzner Silva)

Ele agradeceu o prefeito Fabrício e o candidato ao governo de SC pelo PL, que está no segundo turno contra Décio Lima, Jorginho Mello. 

“Também agradeço muito às pessoas de Balneário que tanto me ajudam e acreditam no meu trabalho”, acrescentou.

- Publicidade -

Carlos Humberto continuará em Balneário, ‘indo e voltando’ para Florianópolis durante a semana

Ele continuará como vice-prefeito de Balneário Camboriú até a incompatibilização final, que deve ser no fim deste ano. 

“Já retorno para a prefeitura nesta terça-feira (4), vou continuar morando em Balneário, pois tenho a minha empresa aqui e sobrevivo com os frutos disso e não da política. Vou para Florianópolis e retorno durante a semana. Tenho certeza que vou fazer uma boa atuação, com muito trabalho, pois faço [política] porque gosto. Tenho certeza que vou entregar do meu tempo e dedicação a favor do catarinense. Eu sou defensor do voto distrital, se eu pudesse votaria em favor disso, mas sou deputado estadual e vou trabalhar muito por Santa Catarina também”, pontuou.

Projetos que pretende defender na Alesc

Carlos Humberto antecipou que pretende buscar o convênio para amparar o custeio do Hospital Municipal Ruth Cardoso, que hoje é majoritariamente feito por Balneário Camboriú, mesmo atendendo todos os municípios vizinhos. 

“Pretendo defender a criação de mais uma maternidade para a região, para desafogar o Ruth Cardoso; Balneário tem também um projeto que deixei pronto quando fui secretário de Planejamento Urbano, que é um novo acesso à BR-101 pelo Bairro Ariribá – quero buscar recurso para ajudar nessa obra; vou defender também que Camboriú de fato tenha a construção do seu hospital e ainda um novo acesso em Itapema, mais efetivo nas polícias Militar e Civil, pois hoje Balneário tem um dos menores”, afirmou.

Ele apontou que pretende ainda ‘brigar’ pelos incentivos fiscais de Itajaí, citando obras como a ampliação do Hospital Marieta Konder Bornhausen. 

“São questões que nos são comuns há muito tempo, mas que não se resolvem. Agora vamos ter oportunidade para defender, ainda mais que temos três deputados da região – eu, Ana Campagnolo e Paulinha, e ainda o Jorge Goetten, que se elegeu a deputado federal, fora o Jorge Seif, que entrou para o Senado, e ambos são do PL 22. Ainda vamos eleger o Jorginho ao governo de SC e reeleger o Bolsonaro à presidente. Será um momento para a nossa bancada buscar recursos para os prefeitos executarem essas obras. Também já penso em trazer recursos para outras obras, como o cabeamento subterrâneo da Avenida Brasil que sofre com os fios pendurados, e assim renovarmos mais essa importante avenida de nossa cidade”, informa.

Defender as marginais de acesso, de Navegantes a Balneário, incluindo uma ‘que venha e volte’ até o Bairro dos Estados, ‘com mais dinamismo’, também está na sua pauta de trabalho.

Futuro: PL irá disputar eleição municipal de Balneário em 2024

Segundo Carlos Humberto, o último deputado de Balneário foi Leonel Pavan e depois ele mesmo como suplente. 

O futuro também está em pauta, já que a próxima eleição (municipal) é em 2024, e Fabrício não pode mais se reeleger.

“Eu preciso sentar na cadeira da Alesc, saber quais são os planos do Jorginho e do Bolsonaro para mim e para o Fabrício, pois hoje eu faço parte de um grupo político e sempre converso com eles. Não decido nada sozinho, mas sei que o PL vai disputar a eleição em Balneário, com certeza vamos vir. Será escolhido um nome e eu venho para apoiar. O que farei de futuro na minha política será decidido em conjunto. Aproveito mais uma vez para agradecer ao eleitor de Balneário, região e SC, o grupo político que integro e a minha família! Irei retribuir com muito trabalho”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -