- Publicidade -
- Publicidade -
18.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Natal Luz de Gramado: saiba mais sobre o Natal mais famoso do Brasil, com dicas de atrativos e gastronomia

O Natal Luz de Gramado é famoso em todo o Brasil, iniciando a festa no fim de outubro e estendendo até janeiro. Este ano está sendo a primeira oficialmente ‘pós-pandemia’ e vem atraindo milhares de turistas para vivenciar a decoração que toma conta das ruas da cidade gaúcha bem como os seus shows. A repórter do Página 3, Renata Rutes, esteve em Gramado no primeiro fim de semana de novembro, entre os dias 4 e 6, e divide nesta reportagem especial um pouco do que viu por lá. Acompanhe abaixo.

A Fantástica Fábrica de Natal (Renata Rutes/Daniel Nardes)

Preparativos

“Eu e meu marido, Daniel, adoramos Gramado e visitamos todos os anos desde 2019, sempre no inverno, sem conhecer a alta temporada, que é agora nesta época (o Natal Luz acontece de fim de outubro até fim de janeiro). Sempre que falávamos com moradores da cidade, como motoristas por aplicativo ou comerciantes, nos indicavam que deveríamos voltar no Natal. E, neste ano de 2022, nos planejamos para fazer isso.

Acompanhados de minha mãe, Miriane, e minha tia, Silmara, planejamos desde o primeiro semestre a viagem, reservando hospedagem (um ótimo Airbnb, na Avenida Borges de Medeiros, que seria a nossa Avenida Brasil), comprando ingressos para os shows (no meu caso e do Daniel, nos credenciamos junto à assessoria, já que estaríamos cobrindo para o jornal.

- Publicidade -

Os ingressos para todos os shows da programação paga (Nativitaten, O grande desfile de Natal, A Fantástica Fábrica de Natal e O Reino do Natal) podem ser adquiridos pelo site oficial (ingressooficialgramado.com.br) a partir de R$ 250,00. Nós assistimos A Fantástica Fábrica de Natal e Natitivaten… mas logo vou falar mais sobre isso!”.

A viagem e o clima: 7º em novembro

“É possível chegar a Gramado voando até Porto Alegre e então viajando de carro/ônibus mais 120km (cerca de duas horas). Mas nós optamos por ir de carro, saindo sexta-feira (4) bem cedo! Inclusive, estávamos com receio por conta dos bloqueios realizados pós-eleição, mas por sorte não encontramos nenhum pelo caminho). São 537km e cerca de 6h30 de viagem. Lembre-se de separar dinheiro para o pedágio: são cerca de sete até lá, com valores que variam de R$ 2,40 a R$ 7,10.

Algo que vale mencionar é o clima: sempre ouvi e passei adiante que não importa quando você vá para Gramado, lá faz muito frio! Nem eu acreditaria, mas em novembro nós pegamos uma onda de frio daquelas: fez 7ºC com sensação térmica de 4ºC na noite de sábado (5). Ou seja, mesmo que você vá agora, entre dezembro e janeiro, leve um casaco! Nós usamos toca, cachecol, casacos… tudo o que tem direito (risos)”.

Decoração da cidade e Parada de Natal

A Parada de Natal (Renata Rutes/Daniel Nardes)

“Balneário Camboriú caminha para ter um Natal cada vez mais bonito, e neste ano conseguimos antecipar, algo sonhado há muitos anos… mas é impossível e nem devemos comparar com o que Gramado faz. A cidade é encantadora por si só, mas no Natal uma magia realmente especial acontece! As avenidas são decoradas, assim como os comércios… tudo respira essa época do ano, e encanta crianças e adultos.

No fim de semana em que nós estávamos na cidade (o segundo do Natal Luz) empresas da cidade (entre hotéis, atrativos turísticos, imobiliárias, etc.), estavam montando pinheiros na Avenida Borges de Medeiros, o que demonstra o apoio da iniciativa privada ao evento, que não depende apenas da prefeitura (inclusive é patrocinado por grandes empresas, a exemplo do Bradesco). Cada empresa da cidade era responsável pela decoração de um pinheirinho, e é muito bacana ver o quanto cada um se empenha.

Acredito que nem todos que vão a Gramado no Natal vão aos shows pagos, e pensando nisto há programação na rua, gratuita. Tanto na sexta quanto no sábado à tarde nós pudemos assistir a Parada de Natal, que passa pela Borges de Medeiros levando todo o encanto natalino… lindo! Infelizmente eu não consegui assistir ao show de acendimento das luzes, que acontece por volta das 20h, porque é bem o horário que estávamos esperando iniciar os shows pagos, mas caminhamos pela cidade à noite e ela iluminada fica ainda mais bonita – destaque para os arredores da tradicional Rua Coberta e Palácio dos Festivais, onde acontece o Festival de Cinema de Gramado”.

Os shows

“Minha mãe, Miriane, estava muito ansiosa pelos shows, o que acabou deixando todos nós também animados. Na sexta (4) assistimos A Fantástica Fábrica de Natal, que acontece no Centro de Eventos de Gramado. Um musical lindo, coreografado, com figurinos impecáveis e estrutura de palco incrível. Uma ótima opção para famílias com crianças.

- Publicidade -
Nativitaten (Renata Rutes/Daniel Nardes)

Já no sábado (5) fomos ao mais famoso, o Nativitaten, que é realizado no Sierra Park, em seu lago. Estava bem frio (até saía ‘fumacinha’ da boca, rs), e mesmo sendo coberto dava para ver todos da plateia se encolhendo… mas valeu cada momento! 

O espetáculo é um musical grandioso, com solistas que vão de barco até seus palcos individuais e que retrata o nascimento de Jesus. O objetivo é mostrar os artistas como se estivessem ‘flutuando’ pelas águas do lago. Há ainda show de fogos e, ao final, o público acende velas (que são distribuídas no início da apresentação), formando um ‘céu estrelado’, ao som de Imagine, clássico do John Lennon. 

Eu diria que esse show é realmente imperdível. Se você quer assistir a pelo menos uma das atrações natalinas pagas, escolha esta”.

Atrativos turísticos

“Como nós ficamos apenas um fim de semana em Gramado, precisamos fazer um roteiro com os atrativos, otimizando tempo. Um que eu considero imperdível foi o que visitamos pela manhã de sábado: o Mini Mundo!

Mini Mundo (Renata Rutes/Daniel Nardes)

O parque retrata diversos lugares famosos do Brasil e do mundo, como o Aeroporto de Bariloche, o Palácio de Mônaco, Cordilheira dos Antes, Metrô de Hamburgo, Igreja de Ouro Preto, Usina do Gasômetro, Jardim Botânico de Curitiba, dentre outros. Mas vá com tempo, porque é muito bacana observar os detalhes, já que os personagens contam histórias e até famosos… como a Rainha Elizabeth, os Beatles, o elenco de Stranger Things, e uma adesão recente que nos deixou com o coração quentinho: Jesse Koz e o cão Shurastey, que eram de Balneário e faleceram em um triste acidente de carro nos EUA neste ano. Os ingressos para o Mini Mundo podem ser adquiridos aqui (loja.minimundo.com.br).

Jesse e Shurastey estão no Mini Mundo (Renata Rutes/Daniel Nardes)

Já na tarde de sábado nós fomos nos Bondinhos Aéreos de Canela, o Parques da Serra! E, sim, é do mesmo grupo responsável pelo Parque Unipraias de Balneário. Ou seja, nos sentimos em casa! (risos). 

O Parque da Serra (Renata Rutes/Daniel Nardes)

Fomos muito bem recepcionados e tivemos até uma guia com a gente, a querida Débora. Assim como o Unipraias, o Parque tem uma bela trilha, ladeada pela mata… mas o destaque é, sem dúvida, a visão privilegiada da Cascata do Caracol, vista de frente. Nós ainda fomos na Eagle, que é a tirolesa do atrativo (paga a parte). Ela simula o voo de uma águia (é daí que vem o nome). São duas cadeiras, que se deslocam a 180 metros de distância presas por cabos de aço, onde se pode observar a Cascata do Caracol e a vista do vale por um ângulo diferente, com muita adrenalina. Vale a pena! Ingressos podem ser adquiridos aqui (parquesdaserra.com.br). P.S.: Não posso deixar de mencionar a ‘mascote’ do Parque, a Amora, que tem até Instagram – vai lá conhecer essa fofura, @amora_bondinho.

Vale lembrar que Gramado e Canela possuem muitos atrativos turísticos bacanas, como o Museu de Cera, o Skyglass, fábricas de chocolates (nós visitamos duas em outras ocasiões que fomos, a Lugano e a Caracol Chocolates), Snowland, Parque Temático Terra Mágica Florybal, dentre outras… vale pesquisar e ver o que melhor se encaixa no seu roteiro (e no seu bolso, porque são todos pagos rs).”

Gastronomia

“A última parte desta reportagem/artigo não é (mesmo!) a menos importante. Assim como em Balneário, Gramado investe bastante em sua gastronomia, já que um destino turístico de qualidade precisa ter bons restaurantes… e disso Gramado com certeza entende! A cidade gaúcha é famosa por suas massas, churrascos, fondues, galetos… mas sabe qual é o diferencial? Que a maioria dos restaurantes são temáticos!

A Hamburgueria Hector (Renata Rutes/Daniel Nardes)

Eu não escondo de ninguém que sou muito fã da saga Harry Potter, e tive a sorte de ir a Gramado justamente quando a novidade da gastronomia da cidade recém-inaugurou: a Hector Hamburgueria! Gente… que lugar incrível! Situada na Avenida Borges de Medeiros, ela lembra muito os elementos da famosa franquia, mas apenas se inspira nela, pois conta com personagens originais e história própria. 

Imita mesmo um trem (as janelas, e elas se movem…) (Renata Rutes/Daniel Nardes)

A Hector é uma locomotiva, onde você embarca como se estivesse em um trem de verdade, todo sonorizado… e a equipe… ah, a equipe! impecáveis. Maquinistas, atendimento… e estão o tempo inteiro interagindo contigo, fazendo você se sentir parte daquele universo. Não vou dar muitos spoilers, mas apenas digo: é imperdível!

Logo na entrada você recebe uma bebida especial, que imita uma poção, inclusive com gelo seco! Tudo é tematizado e leva nome diferente, como é o caso das batatas fritas (bastonetes da crocância eterna) e os burguers (globos de sabor!). Tudo muito delicioso e servido de forma impecável: comemos uma porção que vinha batata, coxinhas de frango e dadinhos de tapioca que vinham como se fosse em um vulcão em erupção… demais! E é claro que ainda tem sobremesa, né? Nós provamos os dois Mana Shakes (milkshakes) de doce de leite e o unicórnio (que é azul!), além do famoso ovo de dragão, uma sobremesa única. Os bilhetes para a ferrovia secreta podem ser adquiridos aqui (hectordragao.com.br/hamburgueria) e eu digo: se você for para Gramado, vá vivenciar essa experiência. É incrível e diferente de tudo o que você já vivenciou. Foi demais!

Também fomos ao tradicional café colonial Bela Vista (há muitos cafés em Gramado e Canela, que valem ser incluídos no roteiro), em uma pizzaria (também há muitas, a maioria delas temáticas, como a Hector, Kongo e Cara de Mau)… vale provar o fondue (pesquisando no Google e Tripadvisor você encontra diversas opções, é o que costumamos fazer)… e eu não poderia deixar de citar o chopp de cacau da Florybal e o chocolate quente com marshmallow da Casa da Bruxa, o melhor que já provei na vida (risos). 

A família encantada com Gramado (Renata Rutes/Daniel Nardes)

Valeu, Gramado! Até ano que vem!”.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -