- Publicidade -
- Publicidade -
25 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Acadêmica da Univali na seleção brasileira que vai disputar Jogos Mundiais Universitários na China

Velocista Anny Caroline de Bassi, de Balneário Camboriú, atual quarta do ranking nacional dos 100 e 400m rasos, foi a melhor atleta universitária de 2022 no atletismo

A velocista Anny Caroline de Bassi, acadêmica de Biomedicina da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), campus Itajaí, foi convocada para integrar a seleção brasileira que vai disputar  os Jogos Mundiais Universitários de Verão, entre os dias 25 de julho e 12 de agosto, na China.

A convocação oficial foi divulgada na segunda-feira (19), pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU). Anny foi convocada para correr os 100m rasos, sua especialidade, mas poderá integrar também time Brasil no revezamento 4x100m.

Desde o início de junho, Anny está disputando várias competições internacionais (Bolívia, Argentina e Equador)

- Publicidade -

para buscar pontos no ranking e participar de provas internacionais. A última competição será o Grand Prix de Ecuador, no próximo dia 1, no Equador. 

Sobre a convocação para o Mundial na China, Anny disse que está vivendo um dos melhores momentos da sua carreira.

“Quero representar muito bem o país e a Univali. Eu treinei e batalhei muito para conquistar esta vaga. O Mundial Universitário é uma competição extremamente disputada e forte, então, estou muito feliz pela convocação”, afirmou.

Os Jogos são organizados pela Federação Internacional de Esporte Universitário (FISU) e vão acontecer na cidade de Chengdu, província de Sichuan. A competição é considerada a maior do segmento e, por conta da pandemia de Covid-19, teve o evento de 2021 transferido para este ano.

A atleta conta que já tinha expectativa de participar da disputa quando foi adiada e que, devido ao limite de idade, na época teve receio de não ter outra oportunidade de participar da competição.

“Eu já tinha conquistado o índice necessário para a classificação e o fato de ter sido a campeã dos Jogos Universitários daquele ano ampliavam as minhas chances de ser convocada para o Mundial. Fiquei chateada na época – relembra a estudante – mas ainda bem que agora deu tudo certo!”, comemora.

Atleta é premiada

Anny é hoje a quarta do ranking nacional dos 100 e 400m rasos, participou das equipes campeãs do revezamento 4×100 do GP Adhemar e GP Brasil. 

É tricampeã brasileira na categoria 100m dos Jogos Universitários Brasileiros. 

A velocista, que também é bolsista na Univali, foi reconhecida pela Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU) como a Melhor Atleta Universitária de 2022, na modalidade atletismo. 

- Publicidade -

Além disso, nos Jogos Pan-americanos Universitários, a estudante também conquistou três pódios, sendo o segundo lugar nos 100 metros e no revezamento 4×100 e o bronze nos 200m.

“Ser atleta exige muito da pessoa na rotina do dia a dia, no descanso, nos treinos e na alimentação. Conciliar tudo isso com uma vida de estudante torna tudo ainda mais desafiador, então, é uma honra enorme estar entre os melhores atletas universitários do país e poder representar o Brasil neste mundial”, afirma.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -