- Publicidade -
- Publicidade -
16.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Em Itajaí Vasco vence Marcílio Dias e avança na Copa do Brasil

Mesmo sem ser brilhante, o Vasco confirmou o favoritismo e venceu o Marcílio Dias por 3 a 1, nesta terça-feira (27), no estádio Hercílio Luz, em Itajaí, garantindo vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

O início do jogo foi agitado, com Vegetti marcando para o Vasco, aos 10 minutos, e Zé Eduardo empatando, aos 15 minutos. O 1 a 1 se manteve até a reta final do primeiro tempo

Adson desempatou para o Vasco antes do intervalo, e David fechou o placar, já no segundo tempo.

- Publicidade -

Com a vitória, o Vasco está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. A equipe carioca enfrenta o vencedor do duelo entre Água Santa-SP e Jacuipense-BA, marcado para amanhã (28), Às 20h30 (de Brasília).

No final de semana, o time cruzmaltino volta as atenções para o Campeonato Carioca. Para se classificar às semifinais sem depender de outros resultados, os comandados de Ramón Diaz precisam vencer a Portuguesa-RJ no próximo domingo (3), às 18h10 (de Brasília).

O Marcílio Dias também volta as atenções para o campeonato estadual. Vice-líder do catarinense e garantido nas quartas de final ao menos na segunda posição, o time encara o Brusque no próximo sábado (2), às 16h30 (de Brasília), em busca da liderança geral da primeira fase.

COMO FOI O JOGO

A partida começou aberta, e os dois times mostraram eficiência no ataque. Antes dos 15 minutos, o duelo estava empatado em 1 a 1.

O Vasco dominou o restante do primeiro tempo e acabou premiado no fim. Controlando a posse de bola e sendo mais perigoso, o cruzmaltino conseguiu voltar a ter vantagem com gol de Adson, na reta final da primeira etapa.

Acréscimos de loucura! Depois do minuto 45, os dois times tiveram oportunidades claras para marcar. Téssio, do Marcílio Dias, carimbou a trave e viu Léo Jardim fazer grande defesa. Do lado do Vasco, Vegetti e Medel pararam no goleiro Filipe.

- Publicidade -

Léo Jardim foi herói e vilão no início do segundo tempo. Milani quase marcou depois de o goleiro do Vasco sair mal em um escanteio, aos 10. Quatro minutos depois, Léo Jardim fez grande defesa em chute cruzado de Téssio.

David tranquilizou o torcedor vascaíno, que fez a festa no Hercílio Luz. Com um gol aos 30 minutos do segundo tempo, o atacante esfriou o ímpeto dos anfitriões – e a partida como um todo. Por outro lado, ele acendeu a torcida cruzmaltina, que celebrou a classificação fora de casa.

(UOL/FOLHAPRESS)


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -