- Publicidade -
- Publicidade -
17.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Djokovic vence o US Open e chega a seu 24º título de Grand Slam

(FOLHAPRESS) – O sérvio Novak Djokovic, 36, bateu o russo Daniil Medvedev, 27, na final do US Open e conquistou o torneio pela quarta vez em sua carreira. A decisão, neste domingo (11), terminou 3 sets a 0 para o sérvio (6-3, 7-6 e 6-3).

A partida foi uma reedição da final do mesmo torneio de dois anos atrás. Em 2021, Medvedev bateu Djokovic por 3 sets a 0 (triplo 6-4) e conquistou o campeonato. Foi seu primeiro, e por ora segue sendo o único título de Grand Slam.

Já Djokovic é, agora, o tenista com mais Grand Slams da era aberta, independentemente do sexo. São 24. Antes, ele estava empatado com a norte americana Serena Williams, que tem 23. A australiana Margaret Court também tem 24, mas só 11 deles na era aberta.

- Publicidade -

O sérvio, que é mais uma vez o número 1 do mundo, tem 10 títulos do Aberto da Austrália, 3 de Roland Garros, 7 de Wimbledon e agora 4 do US Open.

Djokovic disputou 72 Grand Slams em sua carreira e chegou à final de metade deles, 36.

Neste ano, foi à decisão de todos, e só não venceu em Wimbledon, quando foi derrotado por 3 sets a 2 pelo espanhol Carlos Alcaraz, 20, em partida que durou quase cinco horas. Em 2021, só não ganhou todos os Grand Slams porque justamente Medvedev o impediu no US Open.

Na partida deste domingo, o sérvio teve um primeiro set relativamente tranquilo –quebrou o serviço do adversário logo em seu primeiro game de saque e depois, sem ser muito ameaçado, segurou a vantagem para fechar a parcial em 6-3.

No segundo, porém, Medvedev melhorou muito, e não houve quebras. O russo chegou a ter um set point, defendido pelo sérvio, que prevaleceu no tie-break (vitória por 7 a 5). A parcial durou uma hora e quarenta e cinco minutos e teve pontos muito disputados.

Sempre que se sentia ameaçado, Djokovic sacava aberto e subia à rede, já que Medvedev costuma se posicionar muito longe da linha para receber os serviços. A estratégia funcionou muito bem.

No set derradeiro, o jogo continuou equilibrado, com os dois jogadores conseguindo quebras. Djokovic, entretanto, o fez uma vez mais que o adversário e fechou o jogo.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -