- Publicidade -
- Publicidade -
26.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Grêmio vence Caxias e é hexacampeão gaúcho

Com direito a gol de Luis Suárez, o Grêmio conquistou o hexacampeonato gaúcho ao derrotar o Caxias por 1 a 0 neste sábado, na Arena do Grêmio. No jogo de ida, em Caxias do Sul, eles empataram por 1 a 1.

Esta é a segunda conquista do Grêmio na temporada, já que levantou também a taça da Recopa Gaúcha. O time tricolor levou o 42º título, contra 45 do Internacional, o maior vencedor estadual.

Este é também o quarto título gaúcho de Renato Portaluppi com o Grêmio. O treinador já conquistou também a Copa do Brasil (2016), a Libertadores (2017), a Recopa Sul-Americana (2018) e a Recopa Gaúcha (2019 e 2023).

- Publicidade -

Com mais de 50 mil torcedores na Arena, o Grêmio teve o domínio do primeiro tempo diante de um Caxias que procurou se defender e buscou o contra-ataque para surpreender. O time grená não pôde contar com quatro jogadores que pertencem ao rival.

A primeira grande oportunidade do Grêmio foi aos 17 minutos. Marlon errou na saída de bola, facilitando a vida de Vina, que rolou para Luis Suárez. O uruguaio finalizou de bico e carimbou a trave.

Luisito era o jogador mais lúcido em campo. Quando parecia estar isolado à frente, voltava para atuar como armador. Foi dele o passe para Carballo, que chutou rasteiro, aos 27 minutos, e parou na grande defesa do goleiro Bruno Ferreira.

A intensidade diminuiu nos minutos finais. O Grêmio passou a arriscar menos e caiu no jogo do Caxias, que cozinhava na busca por um espaço. O primeiro tempo, no entanto, acabou 0 a 0.

No segundo tempo, o Caxias foi para o ataque e deu trabalho ao goleiro Adriel, que fez uma grande defesa na tentativa de Peninha. A resposta do Grêmio, no entanto, foi fatal. Com ajuda do VAR, o árbitro pegou pênalti em Suárez. O atacante foi para a cobrança e marcou.

O Caxias teve a chance de empatar aos 26 minutos, mas perdeu uma grande oportunidade. Após cobrança de falta de Marcelo, Fernando desviou e viu Adriel fazer a defesa no susto. Marlon pegou a sobra e, sozinho, isolou.

O time grená foi aos poucos perdendo fôlego e caindo na marcação do Grêmio, que recuou e chegou a marcar com Lucas Silva aos 52 minutos. No entanto, o VAR acionou Leandro Vuaden. O árbitro anulou o lance e apitou falta, na entrada da área para o Caxias. Marcelo bateu e mandou na barreira. O mesmo Marcelo cobrou o escanteio, na última chance da partida, e viu o goleiro Bruno cabecear para defesa de Adriel. O gremista confirmou o título estadual.

- Publicidade -

Mas, antes mesmo do apito final, houve um princípio de tumulto na Arena. Vinícius, do Caxias, e Diogo Barbosa, do Grêmio, foram expulsos, mas nada que atrapalhasse a conquista da equipe de Renato Gaúcho.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 0 CAXIAS

GRÊMIO – Adriel; João Pedro, Bruno Alves, Kannemann e Reinaldo (Diogo Barbosa); Villasanti, Carballo (Lucas Silva), Cristaldo (Bruno Uvini), Bitello (Gustavinho) e Vina (Zinho); Luis Suárez. Técnico: Renato Gaúcho.

CAXIAS – Bruno; Marcelo Ferreira, Dirceu (Adriel), Fernando Fonseca e Dudu Mandai; Guedes (Vinícius), Marlon (Marciel), Peninha (Marcão), Jean Dias e Diego Rosa (Yago Taborda); Eron. Técnico: Thiago Carvalho.

GOLS – Luis Suárez, aos 19 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Leandro Pedro Vuaden.

CARTÕES AMARELOS – Kannemann (Grêmio); Diego Rosa, Dirceu, Guedes, Marlon e Vinicius (Caxias).

CARTÕES VERMELHOS – Diogo Barbosa (Grêmio); Vinícius (Caxias).

RENDA – R$ 4.130.552,00.

PÚBLICO – 51.556 torcedores.

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -