- Publicidade -
- Publicidade -
25 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Jiu Jitsu feminino de Balneário Camboriú é destaque no Jogos Abertos de Santa Catarina

A lutadora faixa roxa Cleidi Ferreira, de Balneário Camboriú, conquistou duas medalhas de ouro e tornou-se o principal destaque na disputa de jiu-jitsu dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), neste domingo (13). 

Além do ouro no peso super pesado, Cleidi retornou aos tatames na categoria absoluto (peso livre) para faturar a segunda medalha dourada. 

O técnico Aldo Max disse que mesmo sendo ainda faixa roxa, na campanha até a final, Cleidi desbancou a três vezes campeã mundial e duas vezes campeã brasileira na faixa preta, Sabatha Lais. 

- Publicidade -
Cleidi, destaque de Balneário nos JASC (Divulgação/FMEBC)

“Nos JASC é permitido lutas entre faixas diferentes. Na final ela enfrentou outra campeã mundial representante de Itajaí e finalizou a luta com uma chave de braço para se sagrar a melhor do evento. Além de combater as adversárias, a atleta ainda combate a criminalidade, já que faz parte da guarda municipal da cidade”, comentou o técnico. 

Edy Magalhães conquistou ouro no peso pluma e Sol Ataia foi prata no peso médio. Com estes resultados, a equipe feminina de Balneário Camboriú conquistou o troféu de terceiro lugar geral. 

“Nosso time feminino está consolidado entre os melhores do estado, junto com Blumenau e São José. Estes três municípios estão se revezando no pódio nos últimos anos”, disse Aldo Max.

As três medalhas de bronze vieram com os atletas Jeison Silva, Bruno Gambini e Sérgio Souza, nas categorias peso leve, médio e meio pesado respectivamente. 

A equipe viajou com apoio total da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -