- Publicidade -
22.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Paratleta Carlão, do ICED Balneário Camboriú, é campeão catarinense do Circuito Ocean de Natação

Carlos Eugênio Bastos Ramos (Carlão), paratleta do ICED Balneário Camboriú/Caratinga conquistou o título de campeão catarinense do circuito Ocean 2021, da prova 3 km, categoria PCD Absoluto.

Na quinta e última etapa, realizada domingo (12), na Ponta do papagaio, em Palhoça, Carlão ficou em terceiro lugar nos 3km, mas com a somatória dos pontos obtidos em cada etapa, ele sagrou-se campeão catarinense.

Carlão venceu três das cinco etapas: Canavieiras, Itajaí e Porto Belo; foi vice-campeão em Garopaba (terceira etapa) e  terceiro lugar na última, em Palhoça.

Summit também

Há duas semanas, Carlão conquistou o título de campeão catarinense do Circuito Summit de 1,5 km, na categoria PNE, ranking long distance)

“Campeão catarinense nos dois principais circuitos de travessia aquática em Santa Catarina: circuito SUMMIT e circuito OCEAN. Estou muito feliz com meu desempenho. Quero agradecer imensamente aos meus patrocinadores que acreditaram no meu projeto: braços ao mar”, disse o campeão.

Cãimbras & Água Viva

Por causa de cãimbras e de água viva, que atingiu o pescoço de Carlão durante a prova dos 3km, ele desistiu de disputar a prova de 1,5km em Palhoça neste domingo.

- Publicidade -

“Na largada dos 3 km, comecei a sentir câimbras, mais ou menos no meio do percurso, ainda com câimbra (ia e voltava) comecei a sentir dores fortes no pescoço, por duas vezes pensei em desistir…pensei, falei comigo mesmo…últimas provas do ano, vai que você consegue… e assim terminei a prova. Quando já estava na areia descobri que a dor no pescoço foi uma água viva, então desisti de fazer os 1,5 km”, contou Carlão.

Prova cancelada

No sábado (11), Carlão disputaria a Travessia Internacional da Pinheira, 5km, mas a competição foi cancelada, porque as condições do mar não estavam boas (mar aberto) e também por causa da quantidade de águas vivas no mar. Nadar maratonas aquáticas tem isso, você nunca sabe como o mar vai te receber”, resumiu o campeão catarinense.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -