- Publicidade -
19.9 C
Balneário Camboriú

Paratletas de Balneário Camboriú foram destaque nos Jogos da APESBLU

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Balneário Camboriú esteve representada por 27 paratletas nos I Jogos Paradesportivos da APESBLU, que encerraram esta semana, reunindo competidores dos três estados do sul e destacou-se entre os três municípios com maior número de modalidades inscritas.

O ICED/FMEBC/SDIS inscreveu 14 paratletas e disputou em seis modalidades (Atletismo Pista e Campo, Paraciclismo, Natação, Handebol em Cadeira de Rodas, Bocha Paralímpica e Xadrez.

A AFADEFI inscreveu 13 atletas para disputar no atletismo e bocha paralímpica. As duas instituições locais garantiram bons resultados e medalhas de participação. No atletismo participaram 11 paratletas e na bocha, dois, entre eles, Gabriel Prezzi, campeão na Classe BC2.

“O destaque da nossa equipe foi o atleta Cleiton Freitas, que se consagrou terceiro colocado na classificação ‘Destaque dos Jogos’, comemorou o presidente da Afadefi, Evandro Prezzi.

Cleiton Freitas disse que a competição foi ainda mais importante, pelo momento difícil que todos estão passando.

“O prazer de estar competindo novamente e conquistando o primeiro lugar em três provas e no arremesso de peso conquistar a melhor marca da vida foram conquistas importantes para mim. Só tenho a agradecer a APESBLU por nos dar a oportunidade, ao meu clube Afadefi por todo o apoio, ao meu técnico Caike Rovigo Jacob, por estar sempre me ensinando e incentivando a ir mais longe e ao Studio Bruno Fit por estar me preparando fisicamente. Agradeço a todos que votaram em mim, sem eles eu não teria conquistado o terceiro lugar de atleta destaque”, disse Cleiton.

- Publicidade -

A técnica do ICED, Gévelyn Almeida comemorou os bons resultados obtidos por sua equipe, mas também lamentou que os atletas Neucir Borsatto, Antônio Sanchez e Susana Cristina da Silva não competiram nas provas de arremesso do peso e lançamento de dardo, pela falta de materiais.

“No arremesso de peso pela falta de implementos de 2k e no dardo, a atleta Susana, que está liderando o ranking brasileiro e eu que sou líder de recorde brasileiro na mesma prova, não competimos por falta de dardos de 600gr. Por isso estamos trabalhando para que o paradesporto tenha materiais próprios. Se alguém puder ajudar nesse sentido, pode entrar em contato pelo meu telefone (47-9902-5999)”, disse Gévelyn.

Toninho, destaque no paraciclismo(Divulgação/Iced)
A equipe de atletismo da Afadefi(Divulgação/Afadefi)
Gabriel Prezzi, campeão de bocha (Divulgação/Afadefi)

Campeões do ICED

Atletismo

  • 100m, 200, 400m – Arthur Cauê Teixeira, T54
  • Arremesso do Peso/Lançamento de Disco F55 – Gévelyn Almeida.
  • Arremesso do Peso/F63 – Rosenilda Aoyama;
  • Lançamento de Disco/F52 – Antônio Carlos Sanchez

Natação

  • 50m livres/50m costas/Classe S7 – Gévelyn Almeida
  • 50m livre/100m livres/50m costas Classe S4 – Antônio Carlos Sanchez
  • Xadrez/segmento auditivo – Manuela Manske
  • Bocha Paralimpica – Neucir Borsatto Classe BC4
  • Paraciclismo 15km contra relógio – Classe C5 – Pedro Sérgio Reis; Classe H2 – Antonio Carlos Sanchez.
  • Handebol em Cadeira de Rodas – 3o Lugar
  • Artilheiro Tcharles Besing – 70 pontos
- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -