- Publicidade -
- Publicidade -
28 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Rebeca Andrade e Alison dos Santos são eleitos os melhores atletas de 2022

Alison do Santos e Rebeca Andrade foram escolhidos os melhores atletas do ano de 2022. O campeão mundial nos 400 metros com barreira e a campeã mundial de ginástica foram os grandes vencedores do Prêmio Brasil Olímpico (PBO), premiação dada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) aos principais atletas do País.

Além de melhor atleta no feminino – que disputava com a skatista Rayssa Leal e com a nadadora Ana Marcela Cunha -, Rebeca Andrade também recebeu o troféu de melhor ginasta da temporada e o troféu Inspire, dedicado ao atleta mais inspirador do ano.

Rebeca Andrade (EBC)

“É um orgulho representar a ginástica e o Brasil lá fora”, disse a ginasta ao receber o principal prêmio da noite. “Posso ter sido escolhida hoje, mas todos os atletas são os melhores do ano”, acrescentou.

- Publicidade -

Alison dos Santos venceu a disputa de Melhor Atleta que travou com Isaquias Queiroz, da canoagem, e Filipe Toledo, do surfe. “Falando sobre representatividade: trazer esse resultados para o Brasil, servir de inspiração, trombar com alguém na rua que diz que viu você na TV, competindo, que aprendeu com você… Competir não é sacrifício, é algo que a gente faz com muito gosto”, afirmou o atleta.

A 23ª edição do PBO foi realizada na Cidade das Artes, na zona oeste do Rio. Apesar de o auditório estar lotado de atletas, treinadores e convidados, quase metade dos agraciados não puderam comparecer para receber o prêmio. Isso porque a maioria está em disputas fora do País. Entre os ausentes estavam Rayssa Leal, do skate, Richarlison, do futebol, e Filipe Toledo, do surfe. Eleito Atleta da Torcida, Hugo Calderano também não pôde estar presente.

“Estou muito feliz em receber o troféu. Tenho muito orgulho de todos os Prêmios Brasil Olímpico que já ganhei, mas o da torcida é especial, porque me dá mais estímulo”, disse Calderano, por vídeo. Ele está em viagem para competir no Japão.

Primeira brasileira a conquistar um Mundial de ginástica artística, em 2003, Daiane dos Santos recebeu o troféu Adhemar Ferreira da Silva. A premiação é entregue pelo COB a atletas e ex-atletas que se destacaram pela ética, eficiência técnica e física, esportividade, respeito ao próximo, companheirismo e espírito coletivo.

Além dos prêmios, o Prêmio Brasil Olímpico também fez homenagens a grandes atletas que morreram no último ano, como Pelé, Roberto Dinamite, Eder Jofre e Isabel Salgado, entre outros.

MELHOR TREINADOR – INDIVIDUAL

Felipe Siqueira

- Publicidade -

MELHOR TREINADOR – COLETIVO

José Roberto Guimarães

TROFÉU ADHEMAR FERREIRA DA SILVA

Daiane dos Santos

ATLETA INSPIRE

Rebeca Andrade

ATLETA DA TORCIDA

Hugo Calderano

PRÊMIO ESPÍRITO OLÍMPICO

Guilherme Benchimol

VENCEDORES POR MODALIDADE

Águas Abertas – Ana Marcela Cunha

Atletismo – Alison dos Santos

Badminton – Ygor Coelho

Basquete 3×3 – Vitória Marcelino

Basquete 5×5 – Bruno Caboclo

Boliche – Stephanie Migliore Dubbio Martins e Roberta Camargo Rodrigues

Boxe – Beatriz Ferreira

Breaking – Luan San

Canoagem Slalom – Ana Sátila

Canoagem Velocidade – Isaquias Queiroz

Ciclismo BMX Freestyle – Gustavo de Oliveira

Ciclismo BMX Racing – Paola Reis Santos

Ciclismo Estrada – Ana Vitoria Magalhaes

Ciclismo Mountain Bike – Henrique Avancini

Ciclismo Pista – Alice Melo

Desportos na Neve – Jaqueline Mourão

Desportos no Gelo – Nicole Silveira

Escalada Esportiva – Anja Köhler

Esgrima – Nathalie Moellhausen

Esqui Aquático – Felipe Simioni Neves

Futebol – Richarlison

Ginástica Artística – Rebeca Andrade

Ginástica de Trampolim – Alice Hellem Gomes

Ginástica Rítmica – Geovanna Santos da Silva

Golfe – Frederico Biondi Figueiredo

Handebol – Bruna Aparecida de Paula

Hipismo Adestramento – João Victor Oliva

Hipismo CCE – Carlos Eduardo Ramadam

Hipismo Saltos – Marlon Zanotelli

Hóquei sobre Grama – Arthur Giro de Azevedo

Judô – Mayra Aguiar

Karatê – Douglas Brose

Levantamento de Peso – Laura Amaro

Natação – Guilherme Costa

Nado Artístico – Laura Miccuci

Patinação Artística – Bianca Corteze Ameixeiro

Patinação Velocidade – Guilherme Abel Rocha

Pentatlo Moderno – Isabela Abreu

Polo Aquático – Letícia Belorio

Remo – Beatriz Tavares

Rugby – Luiza Campos

Saltos Ornamentais – Ingrid de Oliveira

Skate – Rayssa Leal

Squash – Laura Souza Bezerra da Silva

Surfe – Filipe Toledo

Taekwondo – Milena Titoneli

Tênis – Beatriz Haddad

Tênis de Mesa – Hugo Calderano

Tiro com Arco – Marcus Vinicius D’Almeida

Tiro Esportivo – Geovana Meyer

Triatlo – Luisa Baptista Duarte

Vela – Martine Grael e Kahena Kunze

Vôlei de Praia – Duda Lisboa – Ana Patricia

Voleibol – Gabriela Guimarães

Wrestling – Laís Nunes

(Por Marcio Dolzan/AE)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -