- Publicidade -
- Publicidade -
22.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Suárez marca em despedida, Grêmio vence e deixa Vasco em situação tensa

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) – O Grêmio venceu e complicou a vida do Vasco, neste domingo (3), pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Suárez se despediu da Arena do Grêmio marcando o gol da vitória tricolor por 1 a 0.

O Vasco vai bastante ameaçado para a última rodada, com apenas 42 pontos. A equipe de Renato Gaúcho, por sua vez, chegou aos 64.

Apesar do triunfo, o Grêmio não tem mais chances de título após a vitória do Palmeiras sobre o Fluminense mais cedo.

- Publicidade -

O Cruzmaltino terá jogo decisivo em São Januário contra o Bragantino, na próxima quarta (6), às 21h30 (de Brasília), pela 38ª rodada.

Já o Grêmio encara o Fluminense no Maracanã, no mesmo dia e horário – todos os jogos do certame acontecerão ao mesmo tempo.

COMO FOI O JOGO

Com Suárez participativo, Grêmio foi superior e teve gol anulado no primeiro tempo. Boa parte das chances gremistas passou pelos pés de Suárez. Na melhor delas, o uruguaio cobrou uma falta na cabeça de Rodrigo Ely, que balançou a rede, mas estava em posição de impedimento. O Vasco teve alguns contra-ataques e pecou na conclusão.

Gol relâmpago definiu segundo tempo. Logo no minuto inicial, Suárez marcou e levou a torcida ao delírio. O Vasco não teve outra opção e foi para cima. Vegetti, Marlon Gomes e Praxedes assustaram, só que o lance mais perigoso partiu dos tricolores, em boa jogada de Ferreira que terminou em milagre de Léo Jardim.

GOLS E DESTAQUE

O Grêmio iniciou em cima. No primeiro lance de perigo do jogo, aos 7 minutos, Suárez recebeu de Ferreira, deu uma linda caneta em Léo, e finalizou pela rede do lado de fora. O uruguaio seguiu ativo no jogo e, aos 22, passou para Reinaldo, que chutou perto da meta adversária.

- Publicidade -

Vasco revidou. Apesar do sufoco, os visitantes não ficaram totalmente recuados e atacaram pelos lados, principalmente via contra-ataque. Gabriel Pec teve a melhor oportunidade vascaína, aos 18, quando invadiu a área, saiu na frente de Caique e teve o passe cortado.

Suárez atacou de “garçom” e teve gol impedido. Com 34 minutos de primeiro tempo, Suárez cobrou falta para o meio da área, Rodrigo Ely apareceu livre e testou para o fundo das redes. Porém, o camisa 5 estava em posição irregular, conforme revisão do VAR.

1×0: Grêmio abriu o placar com Suárez. Só podia ser ele. Assim que o segundo tempo se iniciou, Nathan Fernandes arrancou pela direita e ajeitou para o camisa 9 bater de chapa, da entrada da área, no canto de Léo Jardim.

Depois de levar gol, o Vasco foi em busca do resultado. Vegetti e Pec foram os mais acionados, e o argentino chegou a quase marcar aos 9 minutos, com um cabeceio que passou rente à trave.

Goleiros salvaram. Aos 29, Ferreira invadiu a área pela esquerda, limpou a marcação e bateu no canto, exigindo grande defesa de Léo Jardim. Suárez ainda tentou pegar a sobra e acertou a trave, mesmo sem ângulo. Nos acréscimos, foi a vez de Caique buscar uma bomba de fora da área de Praxedes.

Estádio: Arena do Grêmio – Porto Alegre (RS)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa-SC)

Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Wagner Reway (Fifa-PB)

Cartões amarelos: Bruno Alves, Gustavo Martins e Nathan (Grêmio); Marlon Gomes (Vasco)

Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Suárez (ao 1º minuto do segundo tempo)

GRÊMIO

Caique; Fabio (Gustavo Martins), Rodrigo Ely, Bruno Alves, Reinaldo; Villasanti, Cristaldo (Nathan), Pepê (Ronald); Nathan Fernandes (André), Ferreira (Cuiabano) e Suárez. T.: Renato Gaúcho

VASCO

Léo Jardim; Puma Rodríguez, Robson Bambu (Praxedes), Maicon, Léo, Lucas Piton; Zé Gabriel (Jair), Paulinho (Payet), Marlon Gomes (Serginho); Gabriel Pec (Rossi) e Vegetti. T.: Ramón Díaz

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -