Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Atlético-GO empata com o São Paulo e segue ameaçado

© Página3
Segunda, 29/11/2010 7:56.
O Atlético Goianiense desperdiçou boa chance neste domingo de se afastar da zona de rebaixamento ao empatar com o São Paulo por 1 a 1, no Serra Dourada, em Goiânia, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni, de pênalti, abriu o placar no segundo tempo, mas Elias assegurou a igualdade pouco depois.

Com o empate, o Atlético está na 16º posição com 41 pontos, os mesmos do Vitória, que hoje seria rebaixado. As duas equipes jogam pela sobrevivência na Série A no próximo domingo, em Salvador. O time goiano precisa de um empate para escapar do rebaixamento. Sem maiores pretensões, o São Paulo se despede do Brasileirão contra o Atlético Mineiro.

Ainda lutando para escapar do rebaixamento, o Atlético-GO tomou a iniciativa da partida e pressionou durante boa parte do primeiro tempo, enquanto o São Paulo apostava nos contra-ataques. Aos 11 minutos, Lucas quase marcou em ótimo chute de fora da área. A bola quicou na frente de Márcio e passou raspando pela trave direita do goleiro.

O Atlético respondeu em dois bons lances. Aos 22, Renatinho apareceu livre na área e recebeu passe de Marcão. Rogério Ceni já estava batido no lance, mas o chute foi desviado por Renato Silva. O capitão são-paulino, por sua vez, fez grande defesa aos 29, quando Robston fez boa jogada e chutou com perigo.

No segundo tempo, o São Paulo seguiu apostando nos contra-ataques. Logo no início, Marlos recebeu em velocidade pela direita, cortou o zagueiro e chutou para boa defesa de Márcio. Aos 8 minutos, Carlos Eugênio Simon assinalou pênalti de Agenor em cima de Lucas. Rogério Ceni foi para bola e marcou.

Atrás no placar, o Atlético-GO se lançou ao ataque. Após perder duas boas chances, chegou ao empate aos 19: Elias recebeu nas costas da defesa são-paulina e tocou na saída de Rogério Ceni.

O gol aumentou a pressão atleticana. Aos 35, Diogo Galvão mandou bomba de fora da área, mas Rogério espalmou com segurança. O Atlético continuou buscando o segundo gol, mas pecou nas finalizações e não conseguiu a vitória.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-GO 1 x 1 São Paulo

Atlético-GO - Márcio; Adriano, Gilson, Welton Felipe (Pedro Paulo) e Willian; Agenor, Pituca, Robston e Renatinho (Anaílson); Elias e Marcão (Diogo Galvão). Técnico: Renê Simões.

São Paulo - Rogério Ceni; Alex Silva, Renato Silva e Samuel; Jean, Casemiro (Zé Vítor), Cléber Santana, Lucas e Carlinhos Paraíba (Bruno Uvini); Marlos e Lucas Gaúcho (Jorge Wagner). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Gols - Rogério Ceni, aos 9, e Elias, aos 19 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Carlos Eugênio Simon.

Cartões amarelos - Alex Silva, Cléber Santana e Agenor.

Renda e Público - não disponíveis.

Local - Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Toda a comunidade pode participar neste domingo


Cultura

A entrada é gratuita, com contribuição de um quilo de alimento não perecível


Cidade

Centro de Eventos de Balneário Camboriú será o maior do Sul do país  


Cidade

Obra é cara e mal explicada 


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Atlético-GO empata com o São Paulo e segue ameaçado

Segunda, 29/11/2010 7:56.
O Atlético Goianiense desperdiçou boa chance neste domingo de se afastar da zona de rebaixamento ao empatar com o São Paulo por 1 a 1, no Serra Dourada, em Goiânia, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni, de pênalti, abriu o placar no segundo tempo, mas Elias assegurou a igualdade pouco depois.

Com o empate, o Atlético está na 16º posição com 41 pontos, os mesmos do Vitória, que hoje seria rebaixado. As duas equipes jogam pela sobrevivência na Série A no próximo domingo, em Salvador. O time goiano precisa de um empate para escapar do rebaixamento. Sem maiores pretensões, o São Paulo se despede do Brasileirão contra o Atlético Mineiro.

Ainda lutando para escapar do rebaixamento, o Atlético-GO tomou a iniciativa da partida e pressionou durante boa parte do primeiro tempo, enquanto o São Paulo apostava nos contra-ataques. Aos 11 minutos, Lucas quase marcou em ótimo chute de fora da área. A bola quicou na frente de Márcio e passou raspando pela trave direita do goleiro.

O Atlético respondeu em dois bons lances. Aos 22, Renatinho apareceu livre na área e recebeu passe de Marcão. Rogério Ceni já estava batido no lance, mas o chute foi desviado por Renato Silva. O capitão são-paulino, por sua vez, fez grande defesa aos 29, quando Robston fez boa jogada e chutou com perigo.

No segundo tempo, o São Paulo seguiu apostando nos contra-ataques. Logo no início, Marlos recebeu em velocidade pela direita, cortou o zagueiro e chutou para boa defesa de Márcio. Aos 8 minutos, Carlos Eugênio Simon assinalou pênalti de Agenor em cima de Lucas. Rogério Ceni foi para bola e marcou.

Atrás no placar, o Atlético-GO se lançou ao ataque. Após perder duas boas chances, chegou ao empate aos 19: Elias recebeu nas costas da defesa são-paulina e tocou na saída de Rogério Ceni.

O gol aumentou a pressão atleticana. Aos 35, Diogo Galvão mandou bomba de fora da área, mas Rogério espalmou com segurança. O Atlético continuou buscando o segundo gol, mas pecou nas finalizações e não conseguiu a vitória.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-GO 1 x 1 São Paulo

Atlético-GO - Márcio; Adriano, Gilson, Welton Felipe (Pedro Paulo) e Willian; Agenor, Pituca, Robston e Renatinho (Anaílson); Elias e Marcão (Diogo Galvão). Técnico: Renê Simões.

São Paulo - Rogério Ceni; Alex Silva, Renato Silva e Samuel; Jean, Casemiro (Zé Vítor), Cléber Santana, Lucas e Carlinhos Paraíba (Bruno Uvini); Marlos e Lucas Gaúcho (Jorge Wagner). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Gols - Rogério Ceni, aos 9, e Elias, aos 19 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Carlos Eugênio Simon.

Cartões amarelos - Alex Silva, Cléber Santana e Agenor.

Renda e Público - não disponíveis.

Local - Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Publicidade

Publicidade