- Publicidade -
- Publicidade -
25 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Carnaval de rua de Balneário Camboriú receberá R$ 250 mil via pregão público

A Liga Carnavalesca de Balneário Camboriú tem expectativa de reunir 10 mil foliões nas três noites de desfile (dias 18, 19 e 20 de fevereiro), dois mil a mais do Carnaval 2020, que foi o maior até agora.

A expectativa tem uma motivação: o valor de R$ 250 mil, que será dividido entre os 28 blocos e a Escola de Samba Unidos do Samboriú, através do pregão público (patrocínio) da Mr. Jack Bet, a mesma empresa que patrocina a Arena Verão, que está acontecendo no Pontal Norte, na Praia Central.

R$ 250 mil + abadás
O vice-presidente da Liga, Evandro Rocca, explica que a verba vinda da empresa patrocinadora, via o pregão da prefeitura, começa a facilitar e ‘abre o campo’ para o Carnaval de Balneário crescer ainda mais.

- Publicidade -

“A empresa irá nos repassar R$ 250 mil e ainda deverá trazer shows nacionais para o Carnaval, que irão acontecer na Arena Verão. A cota será dividida entre os blocos e a escola de samba. Também ganharemos 10 mil abadás, que serão divididos entre os blocos [seguindo o Carnaval de 2020: exemplo, bloco reuniu 600 foliões, vai receber 600 abadás]. Por isso, esperamos reunir 10 mil foliões. Inclusive já está havendo a venda dos abadás por blocos como Inimigos da Segunda (o maior da cidade, que em 2020 reuniu 1.800 foliões e neste ano deve bater 2.400), Xinélis e 100 Limites, os ‘clássicos’ do Carnaval de BC”, diz.

Evandro explica que os R$ 250 mil estão condicionados à participação dos 28 blocos e da escola – o que ainda não está confirmado (Evandro ainda não sabe se a Samboriú e o clássico DJ Folia vão desfilar).

“Se não participarem os 28 blocos e a escola, teremos que devolver o valor para a prefeitura, mas não queríamos que isso acontecesse porque, se a Liga tivesse autonomia nisso, poderíamos utilizar o valor para contratar mais trios e melhorar os blocos. Esse valor [R$ 250 mil] foi o utilizado no Carnaval de 2020 e já está defasado, pois um trio-elétrico há três anos custava entre R$ 15 mil e R$ 20 mil, e hoje já está cerca de R$ 30 mil. Sabemos que, mesmo com esse suporte, os blocos terão que buscar patrocínio de outras empresas. Outra coisa que gostaríamos é que pelo menos parte do valor fosse entregue pela empresa antes e não somente após o Carnaval, mas isso não sabemos se será possível”, acrescenta.

Movimento cresceu e novos blocos surgiram

Evandro adiantou que a Liga pediu para a prefeitura mudar algumas coisas, como a necessidade de um bloco desfilar duas vezes, dentre outras questões, como a alteração no dia do desfile do Bloco da Liga, que é o gratuito e neste ano desfilará na Segunda-feira de Carnaval (20/02).

“Teremos nove blocos desfilando pela primeira vez neste ano, então pedimos para ser na segunda-feira. Há blocos que não vão sair e esses novos que surgiram. Ou seja, mesmo com a pandemia e sem ter Carnaval de rua desde 2020, nosso movimento cresceu. Há também muitas empresas entrando em contato para nos patrocinar, pessoas de fora procurando para desfilar nos blocos… o nosso Carnaval está se tornando a ‘menininha dos olhos’ do Carnaval de Santa Catarina”, comenta.

Carnaval poderá ser temático

- Publicidade -

O Carnaval de 2022 não pôde acontecer, mas se ele tivesse ocorrido, seria seguindo a temática do alargamento da Praia Central. Este ano se houver um tema ele será decidido pela empresa patrocinadora. Porém, cada bloco tem a autonomia de ter o seu enredo.

A Corte Carnavalesca também se mantém, com a rainha Sabrina Roncelli, já que eles foram eleitos em 2020 e não puderam aproveitar o reinado por conta da pandemia.

“Esperamos que seja um Carnaval incrível, maior do que o de 2020, já que estamos com esse apoio e uma estrutura melhor. O foco não é necessariamente mais pessoas e sim a qualificação – dos blocos, da escola de samba e da estrutura na Avenida Atlântica. Teremos algumas novidades que serão anunciadas em breve, mas posso adiantar que teremos um grande show de luzes e cerca de 10 trios na avenida”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -