- Publicidade -
- Publicidade -
31 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Cinquentenário do CRECI/SC é lembrado em sessão especial na Assembleia Legislativa

Entre os homenageados, Décio Bez Lopes, corretor há quatro décadas em Balneário Camboriú

Uma sessão especial em homenagem aos 50 anos do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Santa Catarina (Creci-SC), proposta pelo deputado Carlos Humberto (PL), aconteceu esta semana e reconheceu lideranças precursoras e profissionais que marcaram a história da entidade, indicados pelo CRECI.

Décio Lopes contente com a homenagem (Foto Rodolfo Espínola / AgênciaAL)

Entre mais de 20 homenageados, três de Balneário Camboriú: o prefeito Fabrício Oliveira, o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) e o corretor de imóveis, Décio Bez Batti Lopes, um dos mais antigos de Santa Catarina, em atividade.

O deputado Carlos Humberto disse que a homenagem foi especial.

“Se hoje Santa Catarina é mundialmente conhecida pelos seus belos atributos naturais, mas acima de tudo pela pujança e pela diversidade econômica, muito se dá pelos corretores. É uma classe que não vende imóveis, mas sim o Estado com tudo o que nele nos orgulha”, declarou. 

- Publicidade -

O presidente do Creci, Fernando Amorim Willrich, destacou a importância dos corretores de imóveis e seu papel social.  Ele agradeceu a homenagem em nome dos corretores e destacou a importância de estar atualizado e olhando para o futuro.

Atualmente, o CRECI conta com cerca de 50 mil registros profissionais, dos quais aproximadamente 40 mil estão na ativa.

Décio Lopes, 40 anos de CRECI e 70 de vida

“Quero chegar aos 50 de CRECI e aos 80 anos de vida”, avisou Décio, que segue trabalhando ‘a todo vapor’ na profissão que abraçou desde que chegou na praia, em 1981.

Ele disse ao Página 3 que ficou muito emocionado com a homenagem que recebeu do CRECI e do deputado Carlos Humberto.

Décio e o deputado CH (Foto Rodolfo Espínola / AgênciaAL)

“Quando eu pensava que todo mundo já tinha me esquecido, ser lembrado entre mais de 40 mil corretores e ver o grau de aprovação desta escolha, foi muito gratificante, não esperava por isso jamais e fiquei bastante emocionado. Já vou agradecendo a todos que me homenagearam e esta homenagem eu quero dividir com todos os corretores de Santa Catarina”, disse.

O início da profissão

Natural de Florianópolis, Décio estudou engenharia em Blumenau e em 1981, veio a Balneário Camboriú para o casamento de Paulo Caseca dos Santos e daqui nunca mais saiu. 

Neste mesmo evento firmou namoro com Elizabeth, sua esposa há 41 anos. O casal tem dois filhos e três netos: Samuel sócio do pai, casado com a corretora de imóveis, Jéssica, pais de Ettore; e Carmella,  psicóloga, casada o médico Fernando, e pais dos gêmeos, Dylan e Mischa.

Na praia foi convidado para trabalhar com Cláudio Cesário Pereira, dono da Empreendimentos Itaipu, que construiu muitos imóveis em Balneário Camboriú. Mesmo sem nunca ter trabalhado no ramo, ele arriscou e tornou-se um bem sucedido corretor de imóveis, hoje dono de três escritórios imobiliários na cidade.

Em Balneário Camboriú seu trabalho é reconhecido pela classe, que presidiu durante 12 anos no comando da Associação dos Corretores de Imóveis (ACIBC). Também foi duas vezes vice-presidente do CRECI/SC e conselheiro federal. 

“Por aqui tem corretores que até me chamam de professor, porque estou sempre instruindo, informando, aprendendo também com eles”, disse.

Profissão&Mercado 

“Nunca deixei as vendas, mas sinto falta daquele mercado até 2014, era diferente. Depois começou um modo de vendas novo, mídia social, instagram, eu ainda sinto falta de anunciar no papel. Não tenho insta nem face…”, comentou Décio sobre as mudanças em sua longa experiência no setor.

- Publicidade -

Ele afirmou que o mercado hoje está aquecido e super competitivo. Antigamente eram menos construtoras, menos imobiliárias. 

“Houve um estouro pós pandemia, o que resultou em aumento de vendas e de profissionais. Hoje Balneário Camboriú tem quase 4 mil corretores; Itapema mais mais 2.700; Itajai mais 1.800 e mais 600 em Camboriú. Nos quatro municípios são mais de 9 mil corretores”, disse.

Para vender em um mercado concorrido como esse, Décio aponta um caminho: nunca parar de aprender.

“Hoje o cliente chega sabendo mais que a gente e quando chega, já viu cinco ou seis outras opções. Então vai vender quem tem melhor aptidão, informações precisas. Por isso que digo: o corretor tem que aprender diariamente para se manter no mercado. Eu mesmo, com 41 anos de experiência, vivo aprendendo até hoje e vou continuar aprendendo sempre”, enfatizou.

A venda sempre envolve dois produtos: o imóvel e a cidade em que ele está. 

“Afirmo e reafirmo: o mercado está muito bom e a tendência é só melhorar. Sou realista, todos vendendo bem e um segredo é sempre falar bem de Balneário Camboriú. Porque quem bebe dessa água jamais se mudará daqui, eu mesmo não troco essa cidade por nenhuma outra”, finalizou.

Os homenageados:

  • Sindicatos da Indústria da Construção Civil de Florianópolis, Joinville e Balneário Camboriú;
  • Secovis de Santa Catarina, Florianópolis/Tubarão, Oeste, Blumenau, Norte e Sul;
  • Fernando Willrich, presidente do Creci/SC;
  • Décio Bez Batti Lopes, representando os corretores de imóveis jubilados em 2022 e 2023, com mais de 20 anos de profissão e 70 de idade, primeiro corretor de imóveis credenciado;
  • Zali Lebarbechon da Silveira, corretora ativa com registro mais antigo;
  • Apolo Imóveis, de Blumenau, imobiliária ativa mais antiga;
  • Governador Jorginho Mello;
  • Prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício de Oliveira;
  • Presidente do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (Cofeci), João Teodoro da Silva, representando os corretores de imóveis do país;
  • Funcionários do Creci, representados por Eleonor Mekari;
  • Ministério Público de Santa Catarina;
  • Polícia Militar de Santa Catarina;
  • Associação dos Notários e Registradores de SC;
  • Câmara Brasileira de Comércio e Serviços Imobiliários;
  • Comissão de Direito Imobiliário da OAB/SC;
  • Presidente da Associação Empresarial de Indaial, Rogério Isnard Patrício, representando todas as entidades, associações e núcleos imobiliários.
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -