- Publicidade -
- Publicidade -
19.6 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Depois do Chile, Paraguai é o próximo destino do projeto SC-Export

Univali e Governo do Estado vão acompanhar 18 empresas em missão internacional

O Paraguai é o próximo destino do SC-Export, projeto que visa impulsionar o comércio exterior para micro e pequenas empresas catarinenses. A Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e o Governo do Estado de Santa Catarina, parceiros na execução do projeto, irão acompanhar 18 empresas do setor de alimentos, máquinas e equipamentos na missão internacional que inicia nesta terça-feira (31).

A programação da missão empresarial prevê visitas ao Instituto Nacional de Alimentação e Nutrição, Instituto Nacional de Tecnologia, Normalização e Metrologia, Ministério da Indústria e Comércio, além de reuniões técnicas e encontros com possíveis compradores paraguaios.

(Divulgação/GVG)

Na Univali o projeto é conduzido pela equipe do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex), desenvolvido pela Escola de Negócios, Educação e Comunicação em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

- Publicidade -

O programa visa qualificar gratuitamente empresas para que conheçam todas as variáveis do processo de exportação. Atualmente, 225 estão em atendimento na Universidade.

Missão no Chile foi sucesso

A primeira missão empresarial do SC-Export, acompanhou 25 micro e pequenas empresas.  Dezoito empreendedores encaminharam US$ 1,45 milhão em exportações para os próximos 12 meses e três deles já consolidaram US$ 17,1 mil em vendas.

A vice-governadora Marilisa Boehm, que liderou a missão em Santiago, considerou a missão vitoriosa. 

“Só temos o que comemorar. Com certeza, as novas oportunidades se refletem em mais emprego, mais renda e desenvolvimento do nosso estado, dos nossos municípios, em curto, médio e longo prazo”, avaliou.

A coordenadora do Peiex, professora Giselda Cherem disse que foram realizadas 150 reuniões simultaneamente para 24 empresas com 35 compradores chilenos. 

“O objetivo era estreitar laços entre os dois mercados, entretanto duas empresas já voltaram do Chile com negociações concluídas e pedidos fechados. Estamos com excelentes expectativas para a missão no Paraguai e muito felizes de poder usar a expertise que já temos na Univali com o Peiex para auxiliar os empresários a prospectar compradores internacionais e aumentar a exportação de micro e pequenas empresas catarinenses”, destaca a coordenadora do Peiex.

Professora Giselda acompanhou as negociações no Chile (Divulgação/GVG)

A comitiva da missão para o Paraguai terá representantes da Univali, da Secretaria de Articulação Internacional de Santa Catarina (SAI), da Secretaria da Indústria, do Comércio e do Serviço (Sicos) e de empresas dos municípios de Joinville, Penha, Itajaí, Barra Velha, Navegantes, Jaraguá do Sul, Ouro, Iporã do Oeste, Nova Veneza, São Miguel do Oeste, Blumenau, Schroeder, Balneário Camboriú, Corupá e Rio Negrinho.

A Secretaria de Articulação Internacional atua no processo e apoio, não só da instalação de grandes empresas no Estado, mas também ao pequeno e microempreendedor. 

O secretário de Articulação Internacional, Juliano Froehner, disse que o projeto concretiza uma inovação em política pública para alavancar o número de exportadores catarinenses, uma bandeira do governador Jorginho Mello e da vice-governadora Marilisa Boehm. 

“Pela primeira vez durante o SC-Export, esses empreendedores estão tendo a oportunidade de expandir seus negócios com este projeto, que é uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da SAI e da SICOS, Univali e Portonave. Tivemos enorme sucesso na missão ao Chile e agora será a vez desses empreendedores mostrarem seus produtos, com qualidade internacional, para fechar ainda mais negócios”, afirmou o secretário.

- Publicidade -

Conforme a gerente de microempreendedor individual da Sicos, Laryssa Schmitz, o Brasil já possui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, legislação que permite um regime diferenciado para simplificar a exportação.

“Ainda assim, há um desafio enorme a ser vencido, pois muitas empresas não possuem conhecimento dessa possibilidade, além de não terem um planejamento estratégico. O SC-Export nasce justamente para ampliar os horizontes das empresas com interesse em exportação”.

O SC-Export tem o patrocínio da Portonave e conta com o apoio da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e da Universidade de Blumenau (Furb).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -