- Publicidade -
- Publicidade -
18.6 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Em meio a enchentes, Polícia Civil do RS abre investigações contra fake news

O governo do Rio Grande do Sul anunciou investigações contra fake news em meio à crise no estado. Segundo o chefe da Polícia Civil, o delegado Fernando Sodré, são oito apurações em andamento.

Nos últimos dias, viralizaram postagens afirmando, por exemplo, que o governo exigia habilitação para conduzir barco e jet ski. Também foram divulgados números falsos para PIX em nome do governo do estado.

Sandro Caron, secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, alertou que “o governo do estado, bem como as forças de segurança, vêm transmitindo todas as informações através dos seus perfis oficiais”.

- Publicidade -

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou nesta terça-feira (7) a divulgação de fake news em relação às ações do governo federal e de outras entidades no enfrentamento às inundações no Rio Grande do Sul.

“Eu lembro quando teve a cheia na Bahia, em 2022. Eu lembro que o presidente da República estava passeando em um jet ski em Fernando de Noronha e não se preocupou. Eu lembrei esse caso para chamar a atenção para o seguinte: ainda tem muita fake news contando mentira sobre o Rio Grande do Sul, desmerecendo as pessoas que estão trabalhando”, afirmou Lula.

O governador Eduardo Leite (PSDB) fez um alerta na noite deste domingo (5) contra golpistas que aproveitam o momento catastrófico vivido pelo estado para tentar ganhar dinheiro.

Leite informou que as tentativas de golpe envolvem o canal de doações SOS Rio Grande do Sul, que usa a chave PIX com o CNPJ 92.958.800/0001-38.

Várias cidades do estado, inclusive a capital Porto Alegre, estão embaixo de água. De acordo com a Defesa Civil, há 48.147 desabrigados, instalados em alojamentos cedidos pelo poder público, e 155.741 desalojados.

Do total de 497 municípios do estado gaúcho, 388 foram afetados pelas fortes chuvas da região.

O Rio Grande do Sul chegou, nesta terça-feira (8), à marca de 90 mortes em decorrência das fortes chuvas que atingiram a região ao longo da última semana.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -