- Publicidade -
- Publicidade -
25 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

FG investe em tecnologia com foco em segurança e sustentabilidade em suas obras

A construção civil é um dos segmentos da economia que mais vem se apropriando da tecnologia para o desenvolvimento de processos com foco na segurança dos trabalhadores e na sustentabilidade das obras. “Sempre primamos por ambientes salubres, com mão de obra treinada e preparada para aos requisitos de segurança necessários para o setor. E, para isso, temos um departamento de desenvolvimento e inovação para aperfeiçoamento de processos e incremento de técnicas e tecnologias que maximizem os resultados sempre com foco humanista”, destaca André Bigarella, diretor de engenharia da FG Empreendimentos.

Com isso, a empresa, durante os meses de setembro e outubro, a FG registrou em toda a sua operação mais de 300 mil horas trabalhadas sem nenhuma intercorrência de acidentes de trabalho. “Esse é um dado a ser celebrado uma vez que o setor é considerado pela Organização Internacional do Trabalho como um dos 10 mais perigosos. Esses dados reiteram todo nosso esforço em otimizar processos sempre com foco nas pessoas. O investimento nessa área também reflete em aperfeiçoamento para toda a construção. 

“FG vem implementando tecnologias de segurança voltada para rapidez e agilidade de instalação, o que garante a segurança do trabalhador em todo o período de execução de cada atividade, garantindo a segurança de seus trabalhadores, bem como a sustentabilidade nos canteiros de obras, como por exemplo, com o uso de proteções modulares e reaproveitáveis, com a eliminação gradativa da utilização da madeira dos sistemas que transformem os locais de trabalho em pontos ainda mais saudáveis”, completa Bigarella.

- Publicidade -

Além disso, todo esse investimento também gera agilidade no processo construtivo. “Com as trocas e novas tecnologias que já estamos implantando, teremos um avanço de 10 anos em dois. E isso não se refletirá apenas nos empreendimentos com assinatura da FG, mas sim irá gerar um salto em todo o mercado e cadeia produtiva. Nós, por exemplo, entregaremos um empreendimento com 16 meses de antecedência”, comenta o presidente da FG, o empresário Jean Graciola.

Outro ponto importante é o investimento no treinamento e na educação dos colaboradores. “Essa é uma premissa da FG e que foca no desenvolvimento integral do ser humano”, finaliza o engenheiro André Bigarella.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -