- Publicidade -
- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Guarda Ambiental resgata cão ferido: Viva Bicho pede ajuda para o tratamento

Um cão foi resgatado pela Guarda Ambiental na quinta-feira (25), em Balneário Camboriú, e encaminhado ao abrigo da ONG Viva Bicho. Ele estava com miíase – popularmente conhecida como bicheira ou berne, no focinho e pescoço e precisa ser tratado.

A veterinária da Viva Bicho fez todo o procedimento de limpeza e retirada das larvas e o cão está internado e em observação. Ele passará por mais exames nesta sexta-feira (26).

- Publicidade -

Os casos de bicheiras são bastante comuns e afetam milhares de animais, segundo dados da instituição Amor aos Pets, as principais vítimas são cães e gatos que vivem nas ruas ou que vivem em péssimas condições de higiene. A doença é caracterizada por uma infestação de larvas de mosca varejeira na pele do animal – o inseto coloca ovos nas feridas da pele do bicho, que vira um verdadeiro ‘ninho’ para a reprodução das larvas.

Apesar da prefeitura auxiliar a ONG, os medicamentos são caros e a instituição também precisa cuidar dos 550 animais que lá vivem, além das reformas que estão acontecendo, pois o abrigo foi atingido pelo ciclone-bomba de junho/2020.

A Viva Bicho aceita doação em qualquer valor que podem ser repassadas via PIX: 06.156.776/0001-81 ou doação diretamente por transferência bancária: Banco do Brasil, ag. 1489-3, C/C 50793-8 CNPJ: 06.156.776/0001-81 (Associação Viva Bicho de Proteção aos Animais).

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: