- Publicidade -
- Publicidade -
16.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Inmet e Marinha emitem alerta de ciclone com ventos intensos no litoral catarinense

O Instituto Nacional de Meteorologia e a Marinha do Brasil emitiram alerta de um ciclone subtropical que pode afetar o Sul do País, com ventos de até 100 Km/h.

Os principais trechos da nota são os seguintes:

- Publicidade -

A Marinha do Brasil, em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da Força Aérea Brasileira (CIMAER/FAB), Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE), o Servicio Meteorologico Nacional (SMN) da Argentina e o International Desk do National Oceanographic and Atmospheric Administration (NOAA) informa que na noite do dia 16 de maio poderá ocorrer a formação de um ciclone subtropical, em alto-mar, na posição 38°S 045°W, aproximadamente a 485 milhas náuticas (900 km) a sudeste da costa do estado do Rio Grande do Sul.

O sistema será classificado como Tempestade Subtropical, sendo atribuído o nome “Yakecan”, com ventos estimados de 48 nós (88 km/h) nos setores sul e sudoeste e de 40 nós (75 km/h) nos setores noroeste e norte do sistema.

O deslocamento previsto para o sistema é para oeste/noroeste, em direção à costa, ocasião na qual poderá ser classificado como Tempestade Tropical, a partir da noite do dia 17 até a noite do dia 18 de maio.

O referido sistema poderá provocar ventos intensos nas proximidades do litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ao sul de Laguna, podendo atingir 60 nós (110 km/h), entre as manhãs dos dias 15 e 19, e poderá atingir 45 nós (80 km/h) no litoral de Santa Catarina, ao norte de Laguna, e do Rio de Janeiro, ao sul de Arraial do Cabo, entre a noite do 16 e a manhã do dia 19 de
maio.

- Publicidade -

Há previsão de mar grosso a muito grosso, com alturas de ondas entre 3,0 e 6,0 metros, em alto-mar, entre os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ao sul de Laguna, entre as manhãs dos dias 15 e 19 de maio, e ondas entre 3,0 e 5,0 metros, em alto-mar, entre os estados de Santa Catarina, ao norte de Laguna, e do Rio de Janeiro, ao sul de Arraial do Cabo, entre a noite do dia 17 e a manhã do dia 19 de maio.

Além disso, há condições favoráveis para a ocorrência de ressaca no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ao sul de Laguna, com ondas entre 2,5 e 4,0 metros, entre as manhãs dos dias 15 e 19 e ressaca com ondas entre 2,5 e 3,0 metros no litoral de Santa Catarina, ao norte de Laguna, e do Rio de Janeiro, ao sul de Arraial do Cabo, entre as manhãs dos dias 18 e 19 de maio.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: