- Publicidade -
- Publicidade -
27.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Instituto Rogério Rosa lança edital para projetos sociais na área de emprego e renda: investimento de R$ 200 mil

Em Balneário Camboriú e Camboriú 11 mil famílias (sobre)vivem com meio salário mínimo

Com o dobro do valor investido em 2022, o Instituto Rogério Rosa, que tem como mantenedor o Grupo Embraed, lançou esta semana um novo edital para seleção de projetos sociais. No ano passado, foram selecionados seis projetos que impactaram, diretamente, a vida de mais de 1.300 crianças e jovens. 

O foco do edital deste ano são projetos ligados a emprego e renda e as inscrições precisam ser realizadas até 31 de maio, por este link (clique aqui).

Nesta quarta-feira (10) ocorreu um evento na Central de Vendas da Embraed para celebrar o edital de 2022 e anunciar o lançamento do edital deste ano. 

- Publicidade -
Tatiana com a diretoria do Instituto e representantes dos projetos selecionados pelo edital 2022 (Foto Renata Rutes)

Para o ano de 2022 inteiro o valor foi de R$ 214 mil, mas para este ano é R$ 200 mil para seis meses – o dobro de 2022, quando se credenciaram 34 entidades e seis foram escolhidas (Latarte, Projeto Oficinas, Rotary Club, Uni GR, APAE de Camboriú e Associação Beneficente Real Esperança), com trabalhos realizados em Balneário Camboriú e Camboriú (uma regra do edital é a atuação nas duas cidades há mais de dois anos e que possuam estatuto registrado).

Os interessados também devem ter CNPJ ativo, entre outros documentos exigidos no ato da inscrição, e que não tenham vínculo com colaboradores e consultores do Grupo Embraed e do Instituto Rogério Rosa. 

Os projetos selecionados deverão executar suas propostas no período de junho a dezembro de 2023. Relevância das ações e importância para o contexto local, potencial de pessoas impactadas, mensuração, transparência e visibilidade de divulgação dos resultados alcançados estão entre os critérios que serão observados pela comissão avaliadora, composta por membros da diretoria do Grupo Embraed e da coordenação da Liga do Bem. 

O resultado final será divulgado no dia 19 de junho. 

Poderão ser selecionados um ou mais projetos por município, sendo que o repasse dos recursos pelo IRR deve ocorrer diretamente às organizações escolhidas a partir de julho. 

11 mil famílias com renda de meio salário

A presidente do Instituto Rogério Rosa e CEO do Grupo Embraed, Tatiana Rosa Cequinel, explica que procuram sempre pesquisar quais áreas estão precisando de mais cuidado e atenção e que descobriram que há 11 mil famílias em Balneário e Camboriú que vivem com renda de meio salário mínimo, por isso o edital deste ano está focando no segmento de emprego e renda. Os projetos podem ser embasados em capacitações para essas famílias, por exemplo, e no final da aplicação as entidades participantes deverão provar o impacto do projeto – por exemplo, quantas pessoas conseguiram emprego, etc. 

“A partir do momento que você ensina uma profissão, encaminha para o mercado de trabalho, o mundo inteiro se abre para essa pessoa, que terá muito mais condições de caminhar para onde quiser. Desde que obedeça esse foco, de gerar emprego e renda para uma família, melhorando a vida, esses projetos serão válidos e podem se inscrever no edital”, disse.

Tatiana lembrou ainda que a própria Embraed é muito focada na área de emprego e renda, gerando muitos empregos nas construções dos empreendimentos. 

“Mesmo construindo somente em Balneário Camboriú, há muitos moradores de Camboriú que vêm trabalhar para a gente, então não teria como deixar de lado isso. Geramos muitos empregos e ficamos muito felizes em poder contribuir dessa forma com a cidade de onde somos”, acrescentou.

- Publicidade -

“Foco é inspirar mais empresas a ajudar quem precisa”

A empresária comentou também que o foco do Instituto Rogério Rosa é inspirar outras empresas a pensarem no lado social, auxiliando quem mais precisa. 

“As pessoas às vezes ficam dentro do ‘furacão’ do trabalho e não sabem o quanto é gratificante, o quanto ajuda pensar de outra forma, quando a gente vê a vida do outro, quando a gente vê que a nossa vida, por mais complicada que seja, que existem questões que esse trabalho comunitário amplia. Com simples coisas, você pode ajudar muito! Às vezes o que é básico para você, não é básico para outra pessoa. E esse olhar as companhias precisam ter porque existem pessoas que precisam da nossa ajuda e nós podemos contribuir”, completou.

Saiba mais sobre o Instituto Rogério Rosa

Criado em 2019, o Instituto Rogério Rosa é uma organização sem fins lucrativos, responsável pela gestão, desenvolvimento e coordenação dos investimentos socioambientais, culturais e esportivos, cuja mantenedora é o Grupo Embraed. Tem como missão criar um ambiente favorável ao desenvolvimento sustentável de pessoas e do território de Balneário Camboriú e região, utilizando como base os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e indicadores atualizados da região, além da articulação com organizações locais. Nasceu da visão do fundador da Embraed, Rogério Rosa, que sempre teve um envolvimento intenso com a comunidade e recebeu seu nome em homenagem. Mais informações: https://institutorr.org/.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -