- Publicidade -
- Publicidade -
23.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Limpeza subterrânea do canal do Marambaia tem previsão de terminar em dezembro

A Empresa Municipal de Saneamento e Água (EMASA) segue na limpeza subterrânea do canal do Marambaia que iniciou há 30 dias e tem previsão de terminar em dezembro.

Esta semana o serviço está acontecendo no trecho que vai das ruas 1901 até 1501, no Centro da cidade.

A equipe contratada começou o trabalho com caminhão hidrojato próximo da nascente do rio, próximo ao Colégio Vereador Santa, no Centro, e agora chegou nas galerias maiores para fazer a limpeza com homens e equipamentos.

- Publicidade -
Divulgação/Emasat

O diretor geral da Emasa, Douglas Costa Beber disse que a maior dificuldade é o acesso à parte canalizada, que começa com tubulação e vai aumentando até chegar a galerias.

“Agora está numa área de galerias, e além da limpeza está sendo feita a inspeção de ligações e tubulações irregulares que serão lacradas”, disse Douglas. Segundo ele, a expectativa é terminar o serviço até dezembro.

O prefeito Fabrício Oliveira também destacou a importância desta nova fase da revitalização do Rio Marambaia.

“Estamos limpando e desassoreando toda a extensão do rio que corre sob construções e coberturas diversas. É uma parte do rio que não está à vista, mas cuja limpeza é fundamental para que recuperemos este curso d’água tão significativo de nossa cidade”, disse o prefeito.

Ele lembrou que da limpeza já realizada do rio aberto, cerca de 850m até a foz, foram retirados 6mil m3 de lama e lodo.

Para desassorear a parte canalizada do Rio Marambaia, que tem cerca de 2.700 metros, são utilizadas equipes de limpeza e equipamentos, como hidrojatos, que fazem a remoção do material decantado e dos detritos do curso d’água em direção à foz do rio. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -