- Publicidade -
22.4 C
Balneário Camboriú

Minoria de caminhoneiros causa problemas e aumenta repúdio ao movimento golpista de Jair Bolsonaro

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Desde o final da tarde desta quarta-feira, 8, o Palácio do Planalto tenta suspender a manifestação de uma minoria de caminhoneiros, que causa problemas de circulação nas estradas e desabastecimento nas cidades, aumentando o repúdio da maioria da sociedade ao movimento golpista de Jair Bolsonaro.

Bolsonaro tenta, sem sucesso, dar um golpe e implantar uma ditadura militar no Brasil, fechando o Judiciário e transformando o Congresso Nacional em fantoche.

Um dos focos do movimento de caminhoneiros é Itajaí, onde houve bloqueio para impedir acesso à base da Petrobrás, causando corrida a postos de combustíveis da região.

Na manhã desta quinta-feira, postos de combustíveis em Balneário Camboriú abasteciam normalmente. 

- Publicidade -

Decisões da justiça federal determinaram o fim da obstrução nas estradas, sob pena de pesadas multas aos caminhoneiros golpistas.

Um obscuro “Zé Trovão”, líder do movimento golpista nas estradas, está foragido da Polícia Federal.

Jair Bolsonaro pediu que os golpistas suspendessem o movimento, mas eles não acreditaram, acharam que a mensagem era falsa e foi necessário o ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas, gravar um vídeo para que esses caminhoneiros constatassem que o apelo é verdadeiro.

- Publicidade -

Com seu governo repudiado pela maioria da população brasileira, e sem chance nesse momento de reeleição no ano que vem, Bolsonaro vê no golpe de Estado sua única chance de continuar governando o país.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -