- Publicidade -
- Publicidade -
12.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Pesca da tainha inicia nesta quarta-feira com 10 pontos em sete praias de Balneário Camboriú

Prefeitura investiu mais de R$ 300 mil na estrutura da safra

A pesca da tainha inicia oficialmente nesta quarta-feira (1) com novidades na infraestrutura. Os pescadores de Balneário Camboriú estão divididos em 10 pontos nas praias Estaleiro, Estaleirinho, Pinho, Taquaras, Taquarinhas, Laranjeiras e Central.

Na Praia Central, há três ranchos (localizados na altura das ruas 2700, 3700 e 4100) que contam com estrutura de contêineres (um com banheiro) e duas tendas para dar apoio à vigília dos cardumes e para a cozinha dos pescadores. Os contêineres, que têm área de descanso, vão ter também energia elétrica. Todos são adesivados com identidade visual, para que os moradores e turistas estejam cientes do período da pesca.

Na região das praias, a prefeitura instalou tendas de apoio em Laranjeiras, Taquarinhas, Taquaras, Pinho, Estaleiro e Estaleirinho. Em Taquarinhas, haverá um banheiro químico. Os pescadores também ganharão camiseta com o nome do rancho ao qual pertencem.

- Publicidade -

Mais de 300 mil em investimento

(Divulgação/PMBC)

As melhorias na estrutura de apoio aos pescadores que atuam na safra resultam de reuniões ocorridas entre prefeitura e a Colônia de Pescadores Z-7, do Bairro da Barra. Em 2024, a Fundação Cultural investiu mais de R$ 170 mil na pesca artesanal da tainha, considerada patrimônio cultural imaterial de Balneário Camboriú. 

Educação ambiental faz parte da programação (Divulgação/PMBC)

Os investimentos da Secretaria do Meio Ambiente foram de cerca R$ 150 mil. 

Para auxiliar na fiscalização, a Semam contratou uma empresa com lancha e marinheiro. Também será usado um quadriciclo durante a safra. Haverá ainda atividades de educação ambiental com os pescadores.

Pescadores com boas expectativas

Pescadores estão com boa expectativa (Divulgação/PMBC)

Segundo o pescador Jair Euflorzino, de Taquaras, a expectativa está muito boa porque já foram avistados cardumes de tainha na região. 

“Esperamos que a safra deste ano supere os últimos anos. Já foi avistado bastante cardume, o peixe está na região. A expectativa de boa pesca também tem outra motivação – entre 30 de maio e 2 de junho acontece a já tradicional Festa Raízes de Taquaras e o carro-chefe é a tainha grelhada. Temos que ter peixe para a festa, né? E vamos ter!”, diz.

Proibição de jetskis e lanchas

A prefeitura informou em nota também que durante a temporada, que vai até 31 de julho, é proibido o uso de jet skis, lanchas rebocadoras e embarcações motorizadas nas orlas das praias. 

Não é permitida a armação de redes de pesca tipo feiticeira e de malha, além da utilização de cilibrim e fisgas.

Esse é um pedido anual dos pescadores, para que as embarcações e jets respeitem. 

“Pedimos ajuda das marinas para conscientizar no sentido de pedirem para respeitar a pesca da tainha e seguimos pedindo também por um projeto de lei. Já existe lei em apoio à safra da tainha em outras cidades e queremos que Balneário também tenha, porque a pesca precisa ser respeitada. São 10 meses que podem navegar a hora que quiserem, a pesca da tainha é só um período curto, dois meses no ano”, completa Jair.

Conheça os ranchos

  • Rancho dos Rapazes – Praia Central – altura da Rua 4100
  • Rancho Vô Luiz – Praia Central – altura da Rua 3700
  • Rancho da Selma – Praia Central – altura da Rua 2700
  • Rancho da Praia de Laranjeiras – Laranjeiras
  • Rancho da Praia de Taquarinhas – Taquarinhas
  • Ranchos da Praia de Taquaras (dois ranchos) – Taquaras
  • Rancho da Praia do Pinho – Pinho
  • Rancho da Praia do Estaleiro – Estaleiro
  • Rancho da Praia do Estaleirinho – Estaleirinho.
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -