- Publicidade -
- Publicidade -
18.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Pesca da tainha inicia no dia 1º de maio com boas expectativas

Pescadores pedem que donos de lancha e jetskys respeitem os dois meses da safra

A pesca da tainha inicia oficialmente na próxima quarta-feira (1) e os pescadores de Balneário Camboriú estão com boas expectativas, isso porque já foram vistos pelo menos três cardumes na região da Praia de Taquarinhas.

Tainhas já estão na região

Segundo o pescador Jair Euflorzino, de Taquaras, no último sábado (20) os pescadores localizaram três cardumes de tainha em Taquarinhas, o que é indicativo de que o peixe já chegou na região. 

“O pescador ficou na praia, de braços cruzados, só olhando, porque ainda não pode pegar. Respeitamos bem o defeso, mas dia 1º de maio (quarta-feira) já começa. A expectativa é muito boa, estamos otimistas, esperamos que a safra deste ano supere os últimos anos. Já foi avistado bastante cardume, o peixe está na região. Estamos esperando para começar a pescar”, diz.

A expectativa de boa pesca também tem outra motivação – entre 30 de maio e 02 de junho acontece a já tradicional Festa Raízes de Taquaras e o carro-chefe é justamente a tainha grelhada. “Temos que ter peixe para a festa, né? E vamos ter!”, acrescenta Jair.

- Publicidade -

Pedido para lanchas e jetskis respeitarem

Todos os anos, antes que a safra inicie, os pescadores fazem o mesmo pedido: que donos de lanchas e jetskis não se aproximem da baía enquanto a pesca acontece, pois os veículos espantam os peixes. 

Jair salienta que sempre batem na tecla de pedir o apoio de proprietários de marinas que conscientizem seus clientes para que lanchas e jetskis respeitem a área da baía onde o cardume vem. 

“Pedimos ajuda das marinas para conscientizar no sentido de pedirem para respeitar a pesca da tainha e seguimos pedindo também por um projeto de lei. No último fim de semana tinha 10 lanchas em Taquaras, por isso temos que pedir para o pessoal se conscientizar, porque se der tempo bom vão continuar aparecendo as lanchas e jets. Já existe lei em apoio à safra da tainha em outras cidades e queremos que Balneário também tenha, porque a pesca precisa ser respeitada. São 10 meses que podem navegar a hora que quiserem, a pesca da tainha é só um período curto, dois meses no ano”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -