- Publicidade -
- Publicidade -
29 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

‘Profana Oração’, de Gregory Haertel, foi a vencedora do Festival da Canção de Balneário Camboriú

A canção ‘Profana Oração’, composta por Gregory Haertel, foi a vencedora do Festival da Canção de Balneário Camboriú, que terminou no sábado (25), no Teatro Municipal Bruno Nitz. A final foi de casa lotada e contou ainda com shows de Karinah e Bryan Behr.

A música campeã levou o prêmio de mais de R$ 27 mil e levou também o troféu de Melhor Letra. A intérprete Bruna Moraes, que cantou a música vencedora, levou para casa o título de Melhor Artista Solo.

“É uma experiência inédita, eu canto as canções do Gregory e do Thiago K há muitos anos nos festivais, e esta foi a primeira vez que temos uma parceria. Ir para a final me deu muita esperança, mas o Festival estava lindo, fortíssimo e com canções lindas. Foi difícil acreditar, a gente não esperava que seríamos nós os ganhadores, mas foi uma surpresa maravilhosa. Eu estou tão feliz que não consigo expressar em palavras”, disse a cantora Bruna.

- Publicidade -

Disputaram a final 10 músicas, sendo que seis delas foram premiadas em oito categorias, incluindo as três primeiras colocadas.

Bárbara Damasio, melhor intérprete e Willian Goe, melhor instrumentista, vice-campeões do Festival.

A música ‘Rituais’, de Andrea Ramos, ganhou o prêmio de Melhor Intérprete, com Bárbara Damásio e de melhor instrumentista para Willian Goe e levou o segundo lugar do grande prêmio, faturando mais de R$ 16 mil.

Também foram premiados no 12º Festival ‘O Verso Que Escreveste em Mim’, como Melhor Arranjo; Laura Tereza, vocalista da música ‘Coração de Papel’, como Artista Revelação, ‘Nascido para lida e fandango’, como Banda Revelação, e ainda a terceira colocação entre as melhores para a canção ‘Teu Rolê’, de Micael Graciki (Mica).

Classificação final

‘Profana Oração’, a campeã do Festival.

1º lugar – Profana Oração – Gregory Haertel, Thiago K e Bruna Moraes
2º lugar – Rituais – Andrea Ramos
3º lugar – Teu Rolê – Micael Graciki (Mica)
Melhor intérprete – Bárbara Damásio (Rituais)
Melhor instrumentista – Willian Goe (Rituais)
Melhor letra – Gregory Haertel (Profana Oração)
Melhor arranjo – O Verso Que Escreveste em Mim
Artista revelação – Laura Tereza (Coração de Papel)
Banda revelação – Nascido pra lida e fandango
Melhor artista solo – Bruna Moraes (Profana Oração).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -