- Publicidade -
13.4 C
Balneário Camboriú

Programa da Emasa encerra o ano com 27 propriedades parceiras

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O programa Produtor de Água do Rio Camboriú encerrou suas atividades de 2020 na semana passada, com as últimas vistorias do ano e assembleia do Grupo Gestor para definir o calendário de 2021.

Criado há 11 anos pela Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA), o programa destina parte dos recursos da arrecadação anual, para a conservação e recuperação da bacia hidrográfica do Rio Camboriú, incentivando proprietários rurais a adotarem práticas conservacionistas em suas propriedades. Hoje são 27 propriedades parceiras, com 1.154,28 hectares de área conservada, além de 70,97 hectares em processo de restauração.

- Publicidade -

As três últimas vistorias deste ano, realizadas na quarta-feira (25) com auxílio de drone, em três propriedades participantes do projeto, mostraram que todas estavam cumprindo os requisitos estabelecidos e por isso, estão aptos a receberem o auxílio.

Na quinta-feira (26) a última assembleia do Grupo Gestor do Produtor de Água do Rio Camboriú, aprovou o calendário de assembleias de 2021 e discutiu sobre a inclusão de outras atividades no Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), que contribuem para regulação hídrica e qualidade da água.

“Dentro dessas atividades, falamos sobre o manejo sustentável na produção agrícola, assunto que iremos aprofundar no próximo ano”, mencionou a engenheira Ambiental, Rafaela Comparim Santos, responsável pelo programa.

Informações: EMASA (47) 3261-0000

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,505SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -