- Publicidade -
- Publicidade -
18.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

SINDIPI completa 44 anos de trabalho em defesa da pesca de Santa Catarina

O SINDIPI completou neste mês de abril 44 anos de trabalho em prol da pesca catarinense. Para comemorar, realizou na noite de segunda-feira (29) um evento com dois lançamentos importantes: do Observatório da Pesca SC, um projeto desenvolvido em parceria com o Sebrae, e da 2ª ExpoMAR, marcada para julho.

O presidente Agnaldo (Foto: Victor Hugo)

“Esta é sem dúvida uma data festiva, mas também uma oportunidade de mostrarmos aos associados o trabalho que estamos desenvolvendo ao longo dos últimos anos. Lançamos a ExpoMAR, que é uma vitrine da produção pesqueira do nosso Estado e também o Observatório da Pesca, que vai servir como ferramenta para subsidiar o governo e o próprio Setor com os dados relacionados à nossa atividade”, explicou o presidente do SINDIPI, Agnaldo Hilton dos Santos. 

“Ambos são frutos de parcerias importantes que mantemos com orgulho”, frisou. 

- Publicidade -

Além de associados da entidade, marcaram presença no evento diversas autoridades, representantes de instituições parceiras, imprensa e ainda a presença vip do atleta, modelo e pescador Paulo Zulu. Conhecido pela incessante busca de um estilo de vida saudável, Zulu consome apenas pescados como fonte de proteína animal. Hoje ele também tem uma pequena embarcação de pesca artesanal e não esconde a sua paixão pelo Setor Pesqueiro. 

“Eu pesco para consumo e parabenizo o SINDIPI pelo trabalho sério técnico para que a pesca industrial seja cada vez mais sustentável, garantindo que os consumidores tenham acesso aos frutos do mar, alimento que é fonte de saúde”, frisou Zulu. 

Observatório da Pesca SC

(Foto: Victor Hugo)

Durante o evento ocorreu o lançamento do Observatório da Pesca SC, uma plataforma desenvolvida em parceria com o Sebrae de Santa Catarina e que traz, em tempo real, dados que vão desde a produção e captura, até a venda e os valores que a pesca representa para o Estado. Antes mesmo do seu lançamento, o SINDIPI já tem utilizado as informações disponíveis a partir do projeto, como por exemplo, no material sobre a importância da pesca da Corvina, um dos recursos pesqueiros mais importantes para o Estado e que corre o risco de ter a captura proibida.

ExpoMAR

Presidente da ExpoMar, Gregolim (Foto Victor Hugo)

A comemoração dos 44 anos do SINDIPI contou ainda com o lançamento da 2ª edição da ExpoMAR. Marcada para os dias 09, 10 e 11 de julho, em Itajaí, a edição de 2024 terá a feira e a programação ampliadas. O evento terá como foco a gastronomia para apresentar a variedade da produção pesqueira de Santa Catarina e contará novamente com a correalização do Sindicato. Além de um dia a mais de programação, a novidade para 2024 é a inclusão da piscicultura. 

“Santa Catarina é o quinto maior produtor de peixes do Brasil, com mais de 55 mil toneladas e um amplo mercado a ser explorado”, explica o ex-ministro da pesca e presidente da ExpoMAR, Altemir Gregolin. Assim como no ano passado, toda a programação é gratuita. 

Texto: Adelaine Zandonai

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -