- Publicidade -
11 C
Balneário Camboriú

Com UTIs lotadas região de Balneário Camboriú sai do estado gravíssimo para grave

Dados irreais foram usados para montar a matriz de risco potencial

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A região da foz do rio Itajaí-Açú, que reúne Balneário Camboriú e outros 10 municípios, deixou nesta quarta-feira, 9, a situação de risco potencial gravíssimo para covid-19, indo para risco grave, status que já possuía semanas atrás.

A mudança de nível é um indicador precário porque parte da avaliação é feita com dados irreais, o governo do Estado contabiliza 46 leitos de UTI para o Hospital Ruth Cardoso, que tem apenas 30 e 98 leitos de UTI no Hospital Marieta que na realidade tem 60.

- Publicidade -

No início da noite desta quarta-feira, o Ruth Cardoso tinha dois leitos de UTI vagos (28 internados) e o Marieta sete (53 internados).

Outra deficiência é o monitoramento precário, sem a aplicação de testes em massa, só são confirmados os casos das pessoas que buscam socorro médico.

O detalhamento abaixo mostra que as pessoas não devem descuidar dos cuidados preventivos, pelo contrário, o contágio é elevado e o monitoramento deficiente, é necessária cautela para evitar a contaminação de uma doença que matou 4.183 pessoas em Santa Catarina.

Veja o detalhamento em todo o Estado

- Publicidade -

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,497SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -