- Publicidade -
14.5 C
Balneário Camboriú

População não muda o comportamento e pandemia segue fora de controle

Sistema de saúde está próximo do colapso e hotelaria vive revés

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Balneário Camboriú e Itajaí registraram na última semana mais de 30 mortes por covid-19, de acordo com os relatórios oficiais divulgados neste domingo, 20, e Itapema voltou a assumir a liderança em mortes por habitante na região da Amfri e no Estado quando consideradas as cidades com mais de 80.000 habitantes.

A doença não perde fôlego porque grande parte da população decidiu abandonar os cuidados mais elementares, até o uso da máscara é negligenciado e com isso os hospitais continuam lotadados.

- Publicidade -

Apesar das dezenas de mortes nos últimos dias, a UTI do Marieta continua sobrecarregada, tem 54 pacientes internados, 16 vagos e 25 no isolamento. No Ruth Cardoso restam 3 leitos, há 27 internados da UTI e outros 15 em isolamento.

A estimativa é que mais de 90% dos leitos de UTI, públicos e privados, estejam tomados, nível de pandemia que em países mais responsáveis teria levado ao aperto nas restrições e não ao relaxamento, como ocorreu nesta segunda-feira em Santa Catarina.

O governador Carlos Moisés sofre pressões de todos os lados porque os empresários querem faturar com o turismo de verão, mas a pandemia em nível gravíssimo, em todo Estado exceto uma pequena área no Oeste, parece estar afastando os turistas.

Em Balneário Camboriú os preços de hospedagem estão em queda livre, são poucas reservas novas e as antecipadas praticamente não estão ocorrendo o que leva a um vale-tudo no mercado em busca do hóspede.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,505SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -