- Publicidade -
18.9 C
Balneário Camboriú

PP pode ter toda a chapa cassada em Balneário Camboriú por suposta candidata “laranja”

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O maior prejudicado seria o vereador Meirinho que perderia a reeleição

O Partido Progressista (PP) de Balneário Camboriú pode ser penalizado com cassação de toda a sua chapa por supostamente usar uma candidata a vereadora “laranja” na eleição de domingo passado.

A candidata a vereadora não arrecadou nem gastou nada; não distribuiu santinhos; não postou nenhum pedido de voto em em suas redes sociais; não fez campanha e sequer votou em si mesma, pois totalizou zero votos.

Aparentemente ela foi inscrita pelo partido apenas para completar a cota de 30% de candidatas do sexo feminino.

- Publicidade -

Julgando um caso da eleição de 2016, o TSE considerou que com o uso de candidatas “laranjas” o partido descumpriu as exigências para participar das eleições e toda a chapa foi cassada.

Se decisão semelhante ocorresse em relação a Balneário Camboriú, a chapa do PP seria cancelada, o vereador André Meirinho que foi reeleito perderia a vaga e os números da eleição teriam que ser recalculados para ver quem entraria em seu lugar.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -