- Publicidade -
- Publicidade -
20.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Devendo 1,8 bilhão controladora do Starbucks, Subway e Eataly no Brasil pede recuperação judicial

Operadora de marcas como Starbucks, Subway e Eataly no Brasil, a SouthRock Capital entrou com pedido de recuperação judicial nesta terça-feira (31) na 1ª Vara de Falências da Justiça de São Paulo citando dívidas de R$ 1,8 bilhão.

O fundo de investimentos diz em nota que a decisão foi tomada para proteger financeiramente algumas de suas operações no país e ajustar seu modelo de negócio à atual realidade econômica. O processo corre em segredo de Justiça.

Segundo a empresa, os desafios econômicos resultantes da pandemia, a inflação e as taxas de juros elevadas agravaram os desafios para todos os varejistas.

- Publicidade -

“Os ajustes incluem a revisão do número de lojas operantes, do calendário de aberturas, de alinhamentos com fornecedores e stakeholders, bem como de sua força de trabalho tal como está organizada atualmente”, disse.

A SouthRock comprou em agosto do ano passado a filial brasileira do Eataly para expandir a marca no mercado nacional. Hoje a empresa tem uma unidade em São Paulo. Já o Starbucks do Brasil foi vendido para o fundo de investimento em 2018.

As marcas continuarão operando normalmente durante essa fase de reestruturação, disse a empresa.

Fundada em 2015 pelo investidor americano Ken Pope, a SouthRock também é responsável pela operação e licenciamento da empresa de serviços de restaurantes Brazil Airport Restaurantes (BAR), voltada para estabelecimentos presentes em aeroportos do país, como o de Guarulhos.

(FOLHAPRESS)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -