- Publicidade -
- Publicidade -
23.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Erro de digitação faz ações da Lyft saltarem, mercado de bicicleta desacelera e o que importa no mercado

ZERO A MAIS

As ações da Lyft, principal rival da Uber nos EUA, chegaram a disparar 67% nas negociações depois do fechamento do mercado na terça (13), quando ela divulgou seus resultados do último trimestre do ano passado.

Mas boa parte da alta aconteceu graças a um erro de digitação: a empresa de transporte por app publicou que esperava ver sua margem de lucro subir 500 pontos-base (ou 5%) neste ano.

- Publicidade -

A informação correta, corrigida na manhã desta quarta pela companhia em conversa com analistas, é a previsão de crescer 50 pontos-base (ou 0,5%).

POR QUE DISPAROU?

O zero a mais pode parecer inofensivo, mas um aumento tão grande na margem significaria que a empresa esperava um retorno bem maior a cada viagem.

Isso a deixaria bem mais perto de se tornar lucrativa, um marco que a Uber atingiu no ano passado mas que a Lyft ainda não conquistou.

Mesmo com o erro corrigido, as ações da companhia terminaram o dia em alta de 35%. Os resultados da empresa superaram as estimativas dos investidores, e ela afirmou que pretende parar de queimar caixa com sua operação em 2024.

A maré positiva gerada pela expectativa de um bom ano de corridas carregou junto os papéis da Uber, que fecharam o dia em alta de 14%.

NVIDIA É 4ª EMPRESA MAIS VALIOSA DO MUNDO

- Publicidade -

A gigante americana de chips Nvidia superou nos últimos dias a Amazon e a Alphabet (dona do Google) para se tornar a quarta maior empresa do mundo entre aquelas que têm ações em Bolsa.

Com a alta de 2,5% nas ações nesta quarta (14), a empresa chegou a um valor de mercado de US$ 1,83 trilhão (R$ 9,09 trilhões), à frente de Alphabet US$ 1,82 trilhão (R$ 9,04 trilhões).

O QUE EXPLICA

As ações da Nvidia sobem 49% só neste ano embaladas pelo otimismo dos investidores com a IA (inteligência artificial).

A Nvidia é responsável pelos chips que estão em supercomputadores necessários para rodas os modelos de IA generativa.

Ela não os fabrica, mas os desenvolve a partir de componentes comprados de fornecedores como a taiwanesa TSMC.

Ela também produz as GPUs (unidades de processamento gráfico) que são usadas para treinar modelos de linguagem como o ChatGPT.

O otimismo dos investidores com o avanço da IA também ajudou a Microsoft a chegar ao topo das empresas mais valiosas do mundo. A big tech, que é investidora da OpenAI, dona do ChatGPT, superou a Apple no mês passado.

As maiores empresas privadas do mundo, por valor de mercado:

– Microsoft (EUA) – US$ 3,043 trilhões

– Apple (EUA) – US$ 2,843 trilhões

– Saudi Aramco (Arábia Saudita) – US$ 2 trilhões

– Nvidia (EUA) – US$ 1,825 trilhão

– Alphabet (EUA) – US$ 1,821 trilhão

– Amazon (EUA) – US$ 1,776 trilhão

ECONOMIA DA SOLIDÃO

A escolha das pessoas em estar só é a aposta de muitas empresas de serviços para desenvolver produtos e experiências individuais, de olho na chamada “economia da solidão”.

A tendência de crescimento desse nicho encontra força em uma pesquisa do Instituto Gallup e da Meta (dona de WhatsApp, Facebook e Instagram) do final do ano passado.

EM NÚMEROS

– 24% da população de 142 países se declara muito ou razoavelmente solitária. São cerca de um bilhão de pessoas. O número pode ser ainda maior porque a China não foi pesquisada.

– 15% dos entrevistados brasileiros afirmaram ser sozinhos.

Como a “economia da solidão” é representada nos serviços:

– Videogames, plataformas de streaming, óculos de realidade virtual, metaverso;

– Embalagens de produtos para uma pessoa;

– Reservas para mesas individuais em restaurantes;

– Aparelhos para a casa como Alexa e Siri;

– Opção de viajar em um carro de aplicativo sem conversar com o motorista –a opção existe na Uber nos carros da categoria Comfort;

– Há alguns mais exóticos e controversos, como o japonês “rent a girlfriend” (alugue uma namorada), em que é possível conseguir, por US$ 40 a hora, uma companhia temporária que não envolve relação sexual.

MERCADO DE BIKES DESACELERA

Depois de um boom na pandemia, o mercado de bicicletas no Brasil vive uma ressaca típica da quarta-feira de cinzas do Carnaval.

É o que mostram dados da Aliança Bike (Associação Brasileira do Setor de Bicicletas), que monitora anualmente as vendas do setor.

EM NÚMEROS

– Entre 4 milhões e 4,5 milhões de bicicletas eram vendidas por ano no país antes da crise sanitária.

– 50% foi o crescimento das vendas em 2020, quando foram entregues 6 milhões de magrelas –o patamar se manteve em 2021.

– 3,77 milhões de bicicletas foram vendidas em 2022, ano em que as restrições impostas durante a pandemia foram relaxadas.

– 15% foi a queda em 2023, com 3,2 milhões de unidades vendidas.

O QUE EXPLICA

As bicicletas eram uma opção de lazer e exercício durante a pandemia, quando havia menos pessoas se locomovendo nas ruas e as academias estavam fechadas.

Mas elas foram encostadas assim que as pessoas voltaram às suas rotinas do período pré-crise sanitária.

Outro fator que influenciou para o freio no mercado foi a disparada dos preços graças à expansão no consumo e aos gargalos logísticos e de produção gerados na esteira da pandemia.

RETOMADA

É justamente na baixa dos preços que o setor aposta para ao menos restabelecer o patamar de vendas da pré-pandemia. Razões para isso são os estoques cheios e a normalização da cadeia global de suprimentos.

O QUE MAIS VOCÊ PRECISA SABER

MERCADO

Transação tributária coloca União em pé de igualdade com credores de empresa em recuperação judicial. Dívida fiscal representa 42% do valor devido por empresas que fecharam parcelamento nos processos, segundo Insper.

BNDES

Confiança no BNDES é menor no Sudeste, e obras no exterior seguem alvo de crítica. Pesquisa Datafolha mostra que porcentual de pessoas que confiam na instituição subiu para 73%.

PETROBRAS

Presidente da Petrobras anuncia parceria com árabes para retomar operação de refinaria vendida na gestão Bolsonaro. Em viagem ao Oriente Médio, presidente da estatal também fez negócios para trazer ao Brasil subsidiária de petroleira do Kwait.

ARGENTINA

Inflação na Argentina atinge 20,6% em janeiro; taxa anualizada chega a 254%. Setores com maiores aumentos no mês passado foram bens e serviços, transporte, comunicação e alimentos.

MERCADO

Fusão de Arezzo e Soma levanta dúvidas no mercado. Mercado vê com bons olhos a possível captura de sinergias das empresas, mas veem desafios no sucesso da integração.

MERCADO

Morre, aos 97, Luiza Trajano Donato, a fundadora do Magazine Luiza. Tia da empresária Luiza Helena Trajano, ícone do varejo, ela morreu em casa de causas naturais.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -