- Publicidade -
15.4 C
Balneário Camboriú

Faleceu o ex-diretor de obras Dário Demonti

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Dário Demonti, 85 anos, catarinense de Nova Trento, morador de Balneário Camboriú desde 1966, faleceu neste Dia de Finados, vítima de falência múltipla de órgãos.

Figura muito conhecida na praia, Dário trabalhou como mestre de obras nos anos 70, com o desenvolvimento da construção civil. Ele construiu vários prédios de Balneário Camboriú, entre eles o primeiro hotel Candeias, na avenida Atlântica, comandou a etapa final da construção da igreja matriz Santa Inês e também a construção do colégio Médici, onde sua esposa, a professora Marlene Rosa Cardoso Demonti foi a primeira diretora. A escola foi inaugurada no início de 1972, no governo do prefeito Armando Ghislandi.

Dário trabalhou ativamente em dois governos municipais, como diretor de obras: no governo de Gilberto Américo Meirinho onde trabalhou ao lado de Jorge Cachel e depois no governo Harold Schultz. Como diretor da prefeitura ele foi peça importante na abertura da Terceira e da Quarta Avenida, também da avenida Atlântica.

Dário deixa a viúva Marlene; quatro filhos: Ilse (in memoriam), Roselei, Soraia e Hideraldo Beline, figura conhecida na praia por sua atuação no meio esportivo; 10 netos e dois bisnetos.

- Publicidade -

Seu corpo está sendo velado na Central de Luto até às 15h. O sepultamento está marcado para 15h no cemitério de Camboriú.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -