Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Opinião
Não é sobre política, é sobre VIDA!

Domingo, 13/9/2020 6:55.
EBC.

Publicidade

Peço uns minutos do seu dia. Peço um pouco do seu tempo, esse precioso tesouro tão caro ultimamente.

Balneário Camboriú é uma incrível cidade que cresce a olhos vistos e isto é inegável. É inegável que autoridades e os próprios moradores trabalham para transformar nossa cidade num lugar melhor, mais bonito, mais valorizado, mais saudável.

Pessoas de diferentes lugares do Brasil e do Mundo se encantam com toda natureza e beleza que existe aqui. Somos um dos cartões postais mais especiais de Santa Catarina. Não há quem passe pela Avenida Atlântica numa manhã ensolarada que não se sinta imensamente grato por estar aqui e ter a sua disposição toda essa majestosa natureza que encanta.

Mas precisamos dar uma olhada mais a fundo numa questão.

Todo o progresso e crescimento que tem acontecido em nossa cidade, está cobrando um preço caro de alguém com recursos limitados. De alguém extremamente rico, mas que não está conseguindo se reconstruir e se refazer de tudo que estamos tirando dia a dia.

Quem está pagando essa conta muito cara é o meio ambiente. Sim... a natureza ao nosso redor está sendo destruída e devastada por aquilo que chamamos de progresso. Sim... a natureza começa a pedir socorro. Sim... nós podemos fazer alguma coisa.

Enquanto comunidade, enquanto moradores, enquanto empresários, enquanto pessoas que moram aqui, nós somos os responsáveis por cuidar de nossa cidade antes que a natureza não consiga mais encantar.

Tenho um projeto chamado Casa da Árvore que tem como um dos objetivos esse cuidado com o meio ambiente, e por isso pedi uns minutos do tempo de cada um de vocês. Preciso fazer um pedido.

Existe um conceito já há um tempo aplicado e estudado em alguns países da Europa chamado Economia Circular. No Brasil já encontramos algumas poucas empresas que trabalham nesse sentido, mas ainda não é um número significativo, precisamos de mais...

Precisamos encontrar uma forma de diminuirmos o lixo que produzimos, ou se isso não for possível, devemos estudar uma forma de reinvestirmos o que é resíduo. Precisamos deixar nossa cidade respirar.

Os aterros de resíduos crescem dia a dia. Toneladas e mais toneladas de lixo são jogadas na natureza, transformando os aterros sanitários em verdadeiros reprodutores de pragas urbanas como ratos e baratas. Sufocamos a terra com aquilo que não queremos mais e não temos o cuidado de pensar que podemos fazer um pouco mais. Podemos transformar nossas ações em busca de uma vida mais saudável para as próximas gerações. Ser saudável vai além de fazer atividade física e se alimentar com produtos orgânicos. Muito além...

Precisamos pensar no futuro. Precisamos rever alguns hábitos. Precisamos! É urgente!

Por mim, por meus filhos, meus netos... Por você, pelos que virão... Pela natureza... Por todos nós, a ECONOMIA precisa CIRCULAR.

Gabriela Mund


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
EBC.

Não é sobre política, é sobre VIDA!

Publicidade

Domingo, 13/9/2020 6:55.

Peço uns minutos do seu dia. Peço um pouco do seu tempo, esse precioso tesouro tão caro ultimamente.

Balneário Camboriú é uma incrível cidade que cresce a olhos vistos e isto é inegável. É inegável que autoridades e os próprios moradores trabalham para transformar nossa cidade num lugar melhor, mais bonito, mais valorizado, mais saudável.

Pessoas de diferentes lugares do Brasil e do Mundo se encantam com toda natureza e beleza que existe aqui. Somos um dos cartões postais mais especiais de Santa Catarina. Não há quem passe pela Avenida Atlântica numa manhã ensolarada que não se sinta imensamente grato por estar aqui e ter a sua disposição toda essa majestosa natureza que encanta.

Mas precisamos dar uma olhada mais a fundo numa questão.

Todo o progresso e crescimento que tem acontecido em nossa cidade, está cobrando um preço caro de alguém com recursos limitados. De alguém extremamente rico, mas que não está conseguindo se reconstruir e se refazer de tudo que estamos tirando dia a dia.

Quem está pagando essa conta muito cara é o meio ambiente. Sim... a natureza ao nosso redor está sendo destruída e devastada por aquilo que chamamos de progresso. Sim... a natureza começa a pedir socorro. Sim... nós podemos fazer alguma coisa.

Enquanto comunidade, enquanto moradores, enquanto empresários, enquanto pessoas que moram aqui, nós somos os responsáveis por cuidar de nossa cidade antes que a natureza não consiga mais encantar.

Tenho um projeto chamado Casa da Árvore que tem como um dos objetivos esse cuidado com o meio ambiente, e por isso pedi uns minutos do tempo de cada um de vocês. Preciso fazer um pedido.

Existe um conceito já há um tempo aplicado e estudado em alguns países da Europa chamado Economia Circular. No Brasil já encontramos algumas poucas empresas que trabalham nesse sentido, mas ainda não é um número significativo, precisamos de mais...

Precisamos encontrar uma forma de diminuirmos o lixo que produzimos, ou se isso não for possível, devemos estudar uma forma de reinvestirmos o que é resíduo. Precisamos deixar nossa cidade respirar.

Os aterros de resíduos crescem dia a dia. Toneladas e mais toneladas de lixo são jogadas na natureza, transformando os aterros sanitários em verdadeiros reprodutores de pragas urbanas como ratos e baratas. Sufocamos a terra com aquilo que não queremos mais e não temos o cuidado de pensar que podemos fazer um pouco mais. Podemos transformar nossas ações em busca de uma vida mais saudável para as próximas gerações. Ser saudável vai além de fazer atividade física e se alimentar com produtos orgânicos. Muito além...

Precisamos pensar no futuro. Precisamos rever alguns hábitos. Precisamos! É urgente!

Por mim, por meus filhos, meus netos... Por você, pelos que virão... Pela natureza... Por todos nós, a ECONOMIA precisa CIRCULAR.

Gabriela Mund


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade