- Publicidade -
23 C
Balneário Camboriú

Despedida, por Hélvion Ribeiro

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A despedida de Valdim Utech – como para tantos – mexeu comigo também

É um grande amigo já há 20 anos .

Homem de Deus .

Homem de fé.

- Publicidade -

Homem da Igreja .

Homem da comunidade de B. Camboriú.

Ativo na sociedade sempre participante .

- Publicidade -

Correto , leal, direto , simples, inteligente , prático , de grande discernimento, certamente herdado da cultura e vivência familiar somado ao estudo e conhecimento filosófico e teológico.

B . Camboriú, lhe fica devendo o reconhecimento como Cidadão Honorário.

Valdim deixa aqui seu legado moral , missionário e de cidadão comprometido.

Ao viver as décadas de ouro desta cidade , deu o melhor de si e da sua própria existência, já que aqui chegou jovem , aos 34 anos .

Foi sempre um marco , um ponto importante de referência para os chegados , dentro da respeitada Comunidade Luterana Martin Luther .

Tive o privilégio de trabalhar com ele na saga pela Universidade Pública . Tinha uma entrevista agendada com ele , falei para o Dado Cherem que me disse :

“- Este é bom. Este é bom !”

A UDESC de B. Camboriú, deve muito à Comunidade Luterana e ao Pastor Valdim .

O apoio , esforço e trabalho foi decisivo , garimparam ali na Igreja mais de 50 % das milhares de assinaturas no Abaixo Assinado que foi a alavanca principal do Movimento .

Muitas vezes pedi a ele que fosse , em meu lugar para representar a comunidade e receber parte do agradecimento que lhe era de direito.

Nunca foi.

Dizia , ” – Helvion , um filho a gente cria e depois deixa ele ganhar o mundo ” !

Em nossos muitas reuniões lá na Igreja Luterana, Valdim era prático, direto. Não tinha nenhuma dificuldade em dizer não . ” – Por aqui , não vai. Muda ali. Vai lá. Aqui não vai dar certo ” . Isto é que é ser amigo , é trabalhar para ajudar .

Valdim tem o nosso respeito , é daquelas pessoas que fazem a vida , o esforço , a justiça e o bem , merecerem ser feitos .

Lembro que uma vez ele me contou que foi convidado para ir trabalhar na Alemanha . Perguntei por que não aceitou .

Valdim falou :

” – De jeito nenhum aquele povo é muito complicado “.

Ainda que pesaroso , desejo que meu amigo, nosso amigo , desfrute a bem merecida aposentadoria .

Mas temos certeza que continuará participando desta cidade e desta região com sua presença e seus lúcidos textos .

Esse é bom ! 

Hélvion A. Ribeiro, 69. Atuou como Dentista em Lages, Urubici, Fpolis, RJ, Camboriú, Itajaí, Blumenau e BC. Seu trabalho mais importante é contribuir como voluntário, especialmente pela Universidade Gratuita. Pai de 3 médicos, tem 5 netos, faz academia rural no sítio em B. Camboriú onde tem a felicidade de viver há 20 anos. Presidente da MOVUP

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -