- Publicidade -
18.2 C
Balneário Camboriú

“O preço do progresso” Milena Moojen

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Agora, 7h20 da manhã, segunda-feira, 2 de agosto, somos obrigados a acordar com este barulho infernal! Todos os dias! Inclusive sábados, domingos e feriados! 

Total falta de respeito às leis e a nós moradores, além de estarem acabando com a linda natureza. Lamentável.

Progresso seria respeitarmos a maravilhosa natureza e não atendermos às ambições de empresários e políticos!

Infelizmente nem uma tragédia como esta pandemia, recoloca valores reais nos corações destas pessoas. Realmente este planeta é um Umbral.

- Publicidade -

Encaminhei a reclamação ao prefeito, mas como deve estar longe deste barulho, dormindo com esta realidade, ainda não me retornou.

Milena Moojen é arquiteta residente em Balneário Camboriú

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -