- Publicidade -
14.5 C
Balneário Camboriú

Durante campanha eleitoral, Crivella disse que Paes é que seria preso

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

No último debate entre os candidatos à prefeitura do Rio, na Rede Globo, Marcelo Crivella repetia que o adversário, o agora prefeito eleito Eduardo Paes, seria preso. Na manhã desta terça-feira, 22, em que o atual prefeito foi detido por policiais em casa, a nove dias do encerramento do mandato, usuários de redes sociais lembraram da “previsão”.

O humorista Marcelo Adnet foi um dos que brincou com o fato. “Eu fui preso, isso é um absurdo. Eu disse que o Eduardo Paes que tinha que ser preso”, disse Adnet em um vídeo imitando o prefeito do Rio. Muitos usuários compartilharam vídeos do debate da Globo, em que Crivella diz: “Eduardo Paes vai ser preso. Eu digo isso com o coração partido, porque ele cometeu os mesmos erros que Cabral e que Pezão. Ele vai ser preso”.

- Publicidade -

Na ocasião, Paes respondeu que “com esse tom, com essa coisa do QG da propina, dos guardiões do Crivella, lamentavelmente isso vai acontecer com você”. Crivella é acusado de participação em um esquema de corrupção na prefeitura do Rio, conhecido como “QG da Propina”.

Vários perfis também compartilharam vídeos e fotos de Crivella junto com o presidente Jair Bolsonaro, que o apoiou na corrida pela reeleição. Outros lembraram da relação do prefeito do Rio com a família Bolsonaro.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,504SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -