- Publicidade -
- Publicidade -
26.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

GAECO cumpriu mandados por supostas fraudes ambientais na prefeitura de Camboriú

O GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) cumpriu nesta quinta-feira (7) seis mandados de busca e apreensão em Camboriú, por suposta corrupção e fraudes na Fundação Municipal do Meio Ambiente (FUCAM).

Em nota, o governo de Camboriú alegou que não houve buscas nas dependências da FUCAM, mas isso não significa nada, pois os crimes, se ocorreram, foram no atual governo.

Os supostos crimes envolveriam falsificações de documentos públicos e concessões fraudulentas de autorizações para terraplanagem.

- Publicidade -

Na manhã de hoje o Portal Visse?, que já vinha noticiando supostos episódios de corrupção na área ambiental em Camboriú, informou que os alvos do GAECO foram Valmor Dalago (ex-presidente da FUCAM), Ricardo Simas (ex-diretor da FUCAM) e o engenheiro ambiental Breno Cid Muniz.

A reportagem não conseguiu localizá-los para escutar suas versões dos fatos, mas o espaço permanece aberto para manifestações.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -