- Publicidade -
- Publicidade -
24.6 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Homem é suspeito de matar e esconder corpo de colega em geladeira em SC

A Polícia Civil de Santa Catarina instaurou inquérito para investigar o assassinato de um homem, que teria sido morto pelo próprio colega de quarto entre os dias 11 e 12 deste mês. O crime ocorreu no bairro Bom Jesus, em Curitibanos.

Suspeito do crime e a vítima, identificada como Fábio Pacheco de Oliveira, 54, dividiam uma kitnet e tiveram uma discussão no dia do assassinato. Segundo informações da Polícia Civil de SC, os dois bebiam no momento em que se desentenderam e o suspeito teria aplicado um “mata leão” na vítima, que ficou inconsciente.

Suspeito disse em depoimento que pensou que o colega tivesse desmaiado. Entretanto, após perceber que Fábio não acordava e constatar o óbito, resolveu escondeu o corpo da vítima dentro de uma geladeira e o manteve escondido por oito dias. Para disfarçar o cheiro do cadáver, ele usava produtos de limpeza.

- Publicidade -

Dias depois do crime, o homem relatou o ocorrido para seu patrão, que o levou até a delegacia. De acordo com o delegado Diones Pavoni de Freitas, ele foi interrogado e liberado após prestar depoimento, porque não houve flagrante do crime, uma vez que o fato ocorreu há uma semana. A motivação para o assassinato está sendo investigada. O corpo foi localizado neste domingo (18).

As investigações prosseguem com a intenção de esclarecer os fatos. Diante da ausência de registros criminais pretéritos do suspeito, aliada a sua colaboração com as investigações, o Delegado de Polícia entendeu, neste momento, não representar pela prisão preventiva, diz a Polícia Civil.

Como o suspeito não teve a identidade divulgada, o UOL não conseguiu localizar sua defesa para pedir posicionamento. O espaço segue aberto para manifestação.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -