- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Idosa é encontrada morta em Camboriú horas depois de denunciar por furto parente usuário de drogas

Elza Ribeiro, de 74 anos, foi encontrada morta na tarde de quarta-feira (31), em uma casa na Rua Rio Solimões, no Bairro Rio Pequeno, em Camboriú. Horas antes, pela manhã, ela havia denunciado que foi vítima de um furto, por parte de um parente, que é dependente químico.

Agente funerário suspeitou de ferimentos

A Polícia Militar foi acionada por um funcionário de uma funerária que percebeu sinais de violência (hematomas) na boca e no pescoço da idosa. Diante das suspeitas, ele chamou os policiais.

- Publicidade -

Familiares estranharam

Os parentes de Elza informaram aos PMs que moram com a vítima e que foram até a casa dela para almoçar, porém perceberam que a idosa estava dormindo e não quiseram acordá-la.

Mas um dos familiares estranhou o fato, porque Elza não costumava dormir próximo ao meio-dia e começou a chamá-la – como não teve resposta, forçou a porta do quarto e a encontrou morta na cama.

A Polícia Civil colheu as versões das testemunhas. A Polícia Científica foi até o local e informou que não havia a possibilidade de mencionar a causa da morte. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para ser periciado.

A Polícia Militar destacou que já haviam sido atendidas algumas ocorrências no endereço, onde o parente dependente químico furtava objetos e alimentos e ameaçava Elza. A ocorrência agora está com a Polícia Civil.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -