- Publicidade -
- Publicidade -
16.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Italiano procurado internacionalmente foi preso no Caledônia, em Camboriú

A Polícia Federal prendeu, nesta quarta-feira (26), um italiano de 43 anos, condenado em seu país de origem pelos crimes de associação criminosa e tráfico transnacional de drogas. Ele foi preso no condomínio Caledônia, em Camboriú.

Segundo a PF, as investigações que culminaram na Operação Toppare, que investiga o crime de lavagem de dinheiro promovido pelo homem, foram iniciadas a partir da inclusão do italiano na Difusão Vermelha (Red Notice) da Interpol. 

Divulgação/PF

Durante as diligências, a polícia o localizou e apurou que ele atuava na região do litoral catarinense promovendo a lavagem de dinheiro proveniente do tráfico.

- Publicidade -

Foi constatado, ainda, que o fugitivo internacional possui expressivo patrimônio sem origem legal, como imóveis, veículos de luxo e embarcações. Na ação desta terça, a PF cumpriu o mandado de prisão internacional, ratificado pelo Supremo Tribunal Federal, e dois mandados de busca e apreensão em imóveis localizados em Itajaí e Camboriú. 

Além da casa no condomínio Caledônia, onde ele foi preso, foi informado que o homem possuía uma sala comercial no condomínio Riviera, na Praia Brava. 

Divulgação/PF

A Justiça também decretou a arrecadação e o sequestro de bens, veículos e imóveis, avaliados em mais de R$ 35 milhões.

O preso foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal, em Itajaí, onde foram adotadas as providências de polícia judiciária. Em seguida foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá até a extradição para a Itália.

Balanço parcial das apreensões na Operação Toppare

  • Veículos (4): Porsche, Audi A4, Volvo Elétrico e uma Moto de Corrida Super Bike
  • Dinheiro em espécie: Cerca de 318 mil reais
  • Uma dezena de relógios, jóias, aparelhos celulares, computadores, além de documentos de viagem.
  • Imóveis sequestrados em Santa Catarina nas cidade de Balneário Camboriú, Itajaí e Camboriú.
  • Bloqueio de contas bancárias de seis pessoas, com valores a serem apurados
  • Patrimônio identificado até o momento entre veículos, bens e imóveis é de aproximadamente 30 milhões de reais

Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -