- Publicidade -
- Publicidade -
22.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Mais um médico de Balneário Camboriú é preso pela Polícia Civil

Um médico de 35 anos, que é investigado por atuar em uma clínica de luxo de Balneário Camboriú, foi preso na manhã desta sexta-feira (6) pela Polícia Civil. Ele é suspeito por ter ligação com o coach de emagrecimento Felipe Francisco, de 39 anos preso ainda em agosto, que atuava em Balneário e Joinville (relembre aqui).

Segundo a investigação, o médico preso nesta sexta trabalhava na clínica La Vie, que era de uma das ‘discípulas’ (e ex-esposa) do coach Felipe Francisco, que criou um esquema de venda e receita ilegais de medicamentos. 

Vale lembrar que, desde agosto, 17 pessoas foram presas. Nesta sexta, foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão — seis em Joinville e quatro em Balneário (contra profissionais que trabalhavam nas clínicas investigadas e ainda em uma farmácia de manipulação).

- Publicidade -

O médico detido emitia receitas para as nutricionistas que atendiam na La Vie sem nem atender o paciente delas, receitando remédios controlados ou anabolizantes (não necessariamente neste caso, mas nas clínicas investigadas foram encontrados também medicamentos fitoterápicos e as investigações apuraram que havia até mesmo remédios fora do prazo de validade). 

A Polícia Civil informou que ele cometia o crime de falsidade ideológica e colaborava com a organização criminosa. A dona da clínica onde ele trabalhava havia sido presa ainda em agosto, na primeira fase da operação, quando Felipe também foi preso.

O homem preso nesta sexta foi descoberto através da análise de celulares apreendidos durante as investigações. Ele foi detido em Balneário, mas está no Presídio de Joinville. As investigações continuam para identificar mais possíveis envolvidos.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -