- Publicidade -
- Publicidade -
18.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Paranaense foragido morreu em confronto com a PM, em Camboriú

Bruno Paoline Marcelino, de 22 anos, que estava foragido da Justiça, foi morto pela Polícia Militar de Camboriú, na noite de segunda-feira (3), após reagir a abordagem e tentar atirar contra os policiais.

Segundo a Polícia Militar, Bruno Paoline estava transitando com uma motocicleta pela Avenida João Acácio Simas, no Bairro Conde Vila Verde, quando os policiais tentaram abordá-lo, dando ordem de parada.

O jovem teria desobedecido os PMs e ainda sacou uma pistola, tentando atirar contra os policiais, que revidaram, atingindo Bruno, que teve a morte confirmada pelo SAMU. Nenhum policial ficou ferido.

- Publicidade -

Bruno, que é natural do Paraná, estava com mandado de prisão ativo, além de ser, segundo a PM, integrante de uma organização criminosa e possuir 27 boletins de ocorrências, dentre eles por tráfico de drogas, furto, receptação, dano, desacato, resistência, falsificação de dinheiro etc. 

Em suas redes sociais, o rapaz dizia que morava em Balneário Camboriú, além de ter estudado em um colégio municipal da cidade, o CEM Vereador Santa. A PM também enviou uma foto que Bruno havia postado nas redes, portando armas de fogo.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -